Incubadoras tecnológicas de cooperativas populares: possibilidades de gestão Outros Idiomas

ID:
1025
Resumo:
A atuação das Incubadoras Tecnológicas de Cooperativas Populares (ITCPs) dá-se em um duplo sentido, na formação dos estudantes, por meio da vinculação do ensino, da pesquisa e da extensão, e na geração de trabalho e renda. Neste contexto, este artigo objetiva analisar as possibilidades de gestão das incubadoras estudadas. Para isso, foram criadas seis categorias analíticas comparativas: objetivos múltiplos e potencialmente competitivos e/ou cooperativos entre os membros e as instituições; estrutura organizacional; parcerias; gestão dos recursos físicos e financeiros; metodologia de incubação e democracia interna. Essas categorias foram classificadas de acordo com três modelos de gestão: heterogestão, gestão social e autogestão. A metodologia utilizada foi o grupo focal, tendo como base do roteiro as categorias analíticas referenciadas. Ao final do trabalho, pôde-se verificar que, tanto a INTECOOP/UFJF quanto a ITCP/UFSJ, possuem um modelo de gestão híbrido, com características dos três modelos estudados, embora com um predomínio por características da gestão social.
Citação ABNT:
GUERRA, A. C.; PEREIRA, J. R. Incubadoras tecnológicas de cooperativas populares: possibilidades de gestão. Administração Pública e Gestão Social, v. 2, n. 1, p. 21-44, 2010.
Citação APA:
Guerra, A. C., & Pereira, J. R. (2010). Incubadoras tecnológicas de cooperativas populares: possibilidades de gestão. Administração Pública e Gestão Social, 2(1), 21-44.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/1025/incubadoras-tecnologicas-de-cooperativas-populares--possibilidades-de-gestao/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
______. Poderes locais, gestão e desenvolvimento. Salvador: Casa da Qualidade, 2002.

______.; MELO, V. P. Gestão social do desenvolvimento e interorganizações. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE PODER LOCAL, 9., 2003, Salvador. Anais... Salvador, UFBA, 2003, v. 1.

ALENCAR, E.; GOMES, M. A. O. Metodologia de pesquisa social e diagnóstico participativo. Lavras: UFLA/FAEPE, 1999.

CARVALHO, M. C. Incubadora tecnológica de cooperativas populares: INTECOOP/UFJF. Relatório (Estágio Acadêmico). Juiz de Fora: Universidade Federal de Juiz de Fora, p. 55, 2007.

CARVALHO, N. V. Autogestão: o nascimento das ONGs. São Paulo: Brasiliense, 1995.

CASTORIADIS, C. Socialismo ou barbárie: o conteúdo do socialismo. São Paulo: Brasiliense, p.211, 1983.

FARIA, J. H. Relações de poder e formas de gestão. Curitiba: Criar, p. 88, 1985.

FISCHER, T. Elaboração de trabalho acadêmico. Salvador: Universidade Corporativa Banco do Brasil, p. 112, 2006. (Apostila).

GUERRA, A. C.; OLIVEIRA, B.A.M.; ABREU, J.C.; SOUSA, L.F. Metodologia de Incubação da ITCP/UFSJ. In: CONGRESSO DA REDE DE ITCP'S, 1., 2006, Recife. Anais... Recife PE: ITCP`S, 2006.

GUERRA, A. C.; TOLEDO, D.A.C; PEREIRA, J.R; LIMA, I.B. Associação dos Produtores de Leite de Santo Antonio do Rio das Mortes: economia solidária e agricultura familiar em foco. In: YAMAGUCHI, L. C. T.; MENDES, L. C. R.; LIMA, I. B.; RODRIGUES, C. C.; RESENDE, M. L. Aspectos sócio – econômicos e ambientais da produção de leite. Juiz de Fora: Embrapa Gado de Leite, 2007. p. 65-74.

KRUGER, R. A. Focus groups. London: Sage, 1994.

OLIVEIRA, B. A. M. As cooperativas populares e seus desafios, limites e possibilidades: casos de cooperativas da cidade do Rio de Janeiro. 2006. 175 p. Tese (Doutorado em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade) – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2006.

SINGER, P. Introdução à economia solidária. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2002. 126 p.

SINGER, P.; SOUZA, A. (Org.). A economia solidária no Brasil: autogestão como resposta ao desemprego. São Paulo: Cortez, 2000. 360 p.

TENORIO, F. G. (Re) visitando o conceito de gestão social: desenvolvimento em questão. Revista do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Ijuí, RS, v. 5, p. 101-124, 2005.

TENÓRIO, F. G. Gestão social: uma perspectiva conceitual. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 32, n. 5, p. 7-23, set./out. 1998.

TOLEDO, D. Associação Comunitária dos Pequenos Produtores Rurais de Mindurí: um exercício de autogestão? 2007. 72 p. Monografia (Conclusão do Curso de Ciências Econômicas) – Universidade Federal de São João Del Rei, São João Del Rei, 2007.

TRAGTENBERG, M. Administração, poder e ideologia. São Paulo: Moraes, 1980.

TRAGTENBERG, M. Burocracia e ideologia. São Paulo: Ática, 1992