A crítica da gestâo da diversidade nas organizações Outros Idiomas

ID:
11076
Resumo:

Este artigo trata da gestão da diversidade nas organizações, analisando-a criticamente como parte integrante da ideologia tecnocrática, que procura deslocar o tratamento das desigualdades sociais do âmbito político para a administração de recursos humanos das empresas. A partir da análise da literatura estrangeira e nacional sobre o tema, infere-se que a gestão da diversidade surgiu como resposta dos administradores norte-americanos às políticas de ação afirmativa das décadas de 1960 e 1970. Essa literatura defende que a gestão da diversidade é mais efetiva para o enfrentamento das desigualdades sociais por usar critérios de meritocracia e possibilitar atingir benefícios econômicos para os indivíduos e as empresas. A transposição dessas práticas para o contexto brasileiro, porém, encontra um elemento complicador em sua adoção quando se considera a ideologia da democracia racial brasileira, que mascara o preconceito e entra em tensão com a ideologia da gestão da diversidade.


Citação ABNT:
ALVES, M. A.; GALEÃO-SILVA, L. G. A crítica da gestâo da diversidade nas organizações. Revista de Administração de Empresas, v. 44, n. 3, p. 20-29, 2004.
Citação APA:
Alves, M. A., & Galeão-silva, L. G. (2004). A crítica da gestâo da diversidade nas organizações. Revista de Administração de Empresas, 44(3), 20-29.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/11076/a-critica-da-gestao-da-diversidade-nas-organizacoes/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português