Incluindo pessoas com deficiência na empresa: estudo de caso de uma multinacional brasileira Outros Idiomas

ID:
11214
Resumo:
Os estudos acerca do trabalho da pessoa com deficiência são ainda escassos (TEODÓSIO et al., 2004; TANAKA e MANZINI, 2005) e recentes (CARVALHO- FREITAS e MARQUES, 2010a),  restringindo-se, em geral, a práticas de recrutamento e seleção (SCHWARZ e HABER, 2009). Por outro lado, a relevância de promover uma efetiva gestão da inclusão tem respaldo legal na Lei de Cotas, além de um componente estratégico, diante do contexto da  gestão da diversidade. Neste artigo, tem-se como objetivo analisar o programa de inclusão de pessoas com deficiência de uma empresa  multinacional brasileira da indústria automobilística, contribuindo para a ampliação do conhecimento em relação ao tema. Para tanto, construiu-se, como referencial de análise, um modelo que consiste em oito práticas apontadas como relevantes pela literatura. A partir de entrevistas com os gestores de Recursos Humanos da empresa e  de chefes imediatos dos profissionais com deficiência, verificou-se que a empresa realiza parcialmente as práticas descritas no modelo, tendo como restrição à ampliação dele, sobretudo, a forte pressão por redução de custos da indústria.
Citação ABNT:
CAMPOS, J. G. F.; VASCONCELLOS, E. P. G.; KRUGLIANSKAS, G. Incluindo pessoas com deficiência na empresa: estudo de caso de uma multinacional brasileira. Revista de Administração, v. 48, n. 3, p. 560-573, 2013.
Citação APA:
Campos, J. G. F., Vasconcellos, E. P. G., & Kruglianskas, G. (2013). Incluindo pessoas com deficiência na empresa: estudo de caso de uma multinacional brasileira. Revista de Administração, 48(3), 560-573.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/11214/incluindo-pessoas-com-deficiencia-na-empresa--estudo-de-caso-de-uma-multinacional-brasileira/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BATISTA, C.A.M. A prática de responsabilidade social e a inclusão da pessoa com deficiência. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOCIEDADE INCLUSIVA: AÇÕES INCLUSIVAS DE SUCESSO, 3., 2004, Belo Horizonte. Anais...Minas Gerais: Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, 2004.

BRASIL. Decreto n. 3.298, de 20 de dezembro de 1999. Regulamenta a Lei n. 7.853, consolida as normas de proteção e dá outras providências. Diário Oficial, Brasília, DF, 20 dez. 1999.

CARDOSO, V. M.; ARAÚJO, J.N. G. Dificultadores e facilitadores no processo de inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOCIEDADE INCLUSIVA: PROPOSTAS E AÇÕES: IMPASSES E AVANÇOS, 4., 2006, Belo Horizonte. Anais...Minas Gerais: Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, 2006.

CARVALHO, D.F. A crise financeira dos EUA e suas prováveis repercussões na economia global e na América Latina: uma abordagem pós-minksyana. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO KEYNESIANA BRASILEIRA, 3., 2010, São Paulo. Anais... São Paulo: Fundação Getulio Vargas, 2010.

CARVALHO-FREITAS, M.N. Inserção e gestão do trabalho de pessoas com deficiência: um estudo de caso. Revista de Administração Contemporânea(RAC), Curitiba, v. 13, Edição Especial, p. 121-138, jun. 2009.

CARVALHO-FREITAS, M.N. ; MARQUES, A.L.; ALMEIDA, L.A.D. Pessoas com deficiência: comprometimento organizacional, condições de trabalho e qualidade de vida no trabalho. Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia, Uberlândia, v. 2, n. 2, p. 92-105, jul./dez. 2009.

CARVALHO-FREITAS, M.N. ; MARQUES, A.L. Avaliação das condições de trabalho para inserção de pessoas com deficiência, na gestão da diversidade. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOCIEDADE INCLUSIVA: PROPOSTAS E AÇÕES: IMPASSES E AVANÇOS, 4., 2006, Belo Horizonte. Anais...Minas Gerais: Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, 2006.

CARVALHO-FREITAS, M.N. ; MARQUES, A.L. Formas de ver as pessoas com deficiência: um estudo empírico do construto de concepções de deficiência em situações de trabalho. Revista de Administração Mackenzie(RAM), São Paulo, v. 11, n. 3, p. 100-129, maio/jun. 2010.

CARVALHO-FREITAS, M.N. ; MARQUES, A.L. Inserção de pessoas com deficiência em organizações brasileiras: um estudo com empresas socialmente responsáveis. Gestão.Org – Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, Recife, v. 8, n. 3, p. 483-502, set./dez. 2010.

DIEHL, A.A.; TATIM, D.C. Pesquisas em ciências sociais aplicadas: métodos e técnicas. São Paulo: Prentice Hall, 2004.

FLICK, U. Uma introdução à pesquisa qualitativa. Porto Alegre: Bookman, 2004.

FONSECA, R.T.M. O trabalho da pessoa com deficiência e a lapidação dos direitos humanos: o direito do trabalho, uma ação afirmativa. 2005. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, Paraná, Brasil, 2005.

GIL, M. (Coord.). O que as empresas podem fazer pela inclusão das pessoas com deficiência. São Paulo: Instituto Ethos, 2002.

GODOI, C.K.; MATTOS, P. L.C.L. de. Entrevista qualitativa: instrumento de pesquisa e evento dialógico. In: GODOI, C.K.; MELO, R.B. de; BARBOSA, A. Pesquisa qualitativa em estudos organizacionais– paradigmas, estratégias e métodos. São Paulo: Saraiva, 2006.

JAIME, L.R.; DO CARMO, J.C. A inserção da pessoa com deficiência no mundo do trabalho: o resgate de um direito de cidadania. São Paulo: Ed. dos Autores, 2005.

MARTINEZ, V. P. R.; LIMONGI-FRANÇA, A.C. Diversidade e socialização nas organizações: a inclusão e permanência de pessoas com deficiência. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO (EnANPAD), 33., 2009, São Paulo. Anais...São Paulo: Anpad, 2009.

MARTINS, G.A.; THEÓPHILO, C.R. Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas. São Paulo: Atlas, 2007.

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO (MTE). Características do emprego formal segundo a Relação Anual de Informações Sociais – 2011. Brasília: MTE, 2012.

NERI, M.; PINTO, A.; SOARES, W.; COSTILLA, H. Retratos da deficiência no Brasil. Rio de Janeiro: FGV/IBRE/CPS, 2003.

OLIVEIRA, M.C.; REIS, L.M. Inclusão profissional de pessoas com deficiência: o caso do Instituto Ester Assumpção. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOCIEDADE INCLUSIVA: AÇÕES INCLUSIVAS DE SUCESSO, 3., 2004, Belo Horizonte. Anais... Minas Gerais: Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, 2004.

ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (OIT). Gestão de questões relativas à deficiência no trabalho. Brasília: OIT, 2006.

PASTORE, J. Oportunidades de trabalho para portadores de deficiência. São Paulo: LTr, 2000.

PATROCÍNIO, F.F.; REIS, L.M. Inclusão de pessoas com deficiência no trabalho: algumas considerações sobre avaliação de postos de trabalho. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOCIEDADE INCLUSIVA: PROPOSTAS E AÇÕES: IMPASSES E AVANÇOS, 4., 2006, Belo Horizonte. Anais...Minas Gerais: Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, 2006.

RIBEIRO, M.A.; CARNEIRO, R. A inclusão indesejada: as empresas brasileiras face à lei de cotas para pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Organizações & Sociedade, Salvador, v. 16, n. 50, p. 545-564, jul./set. 2009.

SASSAKI, R.K. Terminologia sobre deficiência na era da inclusão. In: VIVARTA, VEET (Org.). Mídia e deficiência. Brasília: Agência de Notícias dos Direitos da Infância / Fundação Banco do Brasil, 2003. p. 160-165.

SCHWARZ, A.; HABER, J. Cotas: como vencer os desafios da contratação de pessoas com deficiência. São Paulo: I. Social, 2009.

SECRETARIA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA E MOBILIDADE REDUZIDA (SMPED). Sem barreiras: inclusão profissional de pessoas com deficiência. São Paulo: SMPED, 2008.

SEVERINO, A.J. Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Cortez, 1996.

SHIMONO, S.O. Educação e trabalho: caminhos da inclusão na perspectiva da pessoa com deficiência. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, São Paulo, São Paulo, Brasil, 2008.

SóLERA, M.C.O.G. É possível a inclusão? Um estudo sobre as dificuldades da relação do sujeito com a diferença. 2008. Dissertação (Mestrado) – Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, São Paulo, São Paulo, Brasil, 2008.

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO TRABALHO EM SÃO PAULO (SRT-SP). Do mirante de inserção de pessoas com deficiência no mercado formal de trabalho de estado de São Paulo. Boletim de Análise, n. 6. São Paulo, 2011. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2012.

TANAKA, E.D.O.; MANZINI, J.E. O que os empregadores pensam sobre o trabalho da pessoa com deficiência? Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 11, n. 2, p. 273-294, maio/ago. 2005.

TEODÓSIO, A.S.S.; GONÇALVES, G.; SILVEIRA, C.M.; FROTA, J.G.; SANTOS, S.; ALVES, M.H.; SILVA, L.D. A inclusão de pessoas com deficiência no trabalho: desafios para a gestão socialmente responsável. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOCIEDADE INCLUSIVA: AÇÕES INCLUSIVAS DE SUCESSO, 3., 2004, Belo Horizonte. Anais... Minas Gerais: Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, 2004.

TORRES FILHO, E.T.; borça jÚNIOR, G.R. Analisando a crise do subprime. Revista do BNDES, BNDES, Rio de Janeiro, v. 15, n. 30, p. 129-159, dez. 2008.

UNITED NATIONS EDUCATIONAL, SCIENTIFIC AND CULTURAL ORGANIZATION (UNESCO – ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, ACIÊNCIA E ACULTURA). Inclusão digital e social de pessoas com deficiência: textos de referência para monitores de telecentros. Brasília: Unesco, 2007.

VERGARA, S.C. Métodos de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 2006.

WILLIAMS, J.W. Abilities in the workplace changing minds. Diversity Factor, New Brunswick, v. 8, n. 2, p. 20-23, jan. 2000.