O estudo do comportamento do consumidor na visão de alunos de graduação Outros Idiomas

ID:
1165
Resumo:
A psicologia do consumidor é uma área de pesquisa, ensino e atuação relativamente nova. O campo de contribuição desses profissionais é muito amplo. Várias são suas áreas de atuação, tais como pesquisas sobre respostas de crianças ao apelo publicitário, influência da televisão em crianças, estudos sobre mulheres que pararam de consumir e oferecer carne às suas famílias, acompanhamento em litígios judiciais na área de consumo, pesquisas sobre a influência de determinados produtos em culturas diferentes, etc. Este trabalho investigou quais são as concepções que predominam entre estudantes de ensino superior sobre Psicologia do consumidor. A pesquisa foi aplicada em uma Instituição de Ensino Superior da cidade de Americana – SP. A amostra foi constituída por 367 alunos da primeira às quartas séries dessa instituição. Foi utilizado um instrumento composto por questões abertas e fechadas que permitiram verificar as concepções pessoais dos participantes sobre o tema investigado. Foi possível constatar que o conteúdo da disciplina Psicologia do Consumidor deveria ser não apenas um complemento, mas tratado como conteúdo básico, na maioria dos cursos que lidam direta ou indiretamente com consumidores. Há indícios de que a literatura atualmente adotada nas instituições, na maioria dos casos, está desatualizada.
Citação ABNT:
VEIGA NETO, A. R.; MARTIGNAGO, G. O estudo do comportamento do consumidor na visão de alunos de graduação. RAUnP - Revista Eletrônica do Mestrado Profissional em Administração da Universidade Potiguar, v. 2, n. 2, art. 4, p. 57-71, 2010.
Citação APA:
Veiga Neto, A. R., & Martignago, G. (2010). O estudo do comportamento do consumidor na visão de alunos de graduação. RAUnP - Revista Eletrônica do Mestrado Profissional em Administração da Universidade Potiguar, 2(2), 57-71.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/1165/o-estudo-do-comportamento-do-consumidor-na-visao-de-alunos-de-graduacao/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ANEP Associação Brasileira das Empresas de Pesquisa. Critério de classificação econômica Brasil. 2002. Disponível em: . Acesso em: 16.05.2002.

ANGOTTI, J.A.P. O ensino de ciências naturais e a construção do conhecimento. Cadernos do CED, v.17, p. 41-48, 1991.

ASCH, S.E. Effects of group pressure upon modifications and distortion of judgments. New York: Holt, Rinehart & Winston, 1958.

BEE, H. A criança em desenvolvimento. São Paulo: Harper & Row, 1984.

BEM, D.J. Convicções, atitudes e assuntos humanos. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária, 1973.

CASTEEL, P.C.; ISOM, B.A. Reciprocal process in science and literacy learning. The Reading Theacher,v.47, n.7, p.538-545, 1994.

CHISNALL, P. M. Consumer behavior. New York: Prentice Hall, 1995.

COELHO, M.M. Escola pública de 1º grau: tendências didáticas do ensino de ciências e matemática. 1992. Tese de doutorado em educação Faculdade de Educação – UNICAMP, Campinas,1992.

DEMBY, E. H. Psychographics revisited: the birth of a technique. Marketing Research, v.6, n. 2, p.26-29, 1994.

FOSTER, G. M. As culturas tradicionais e o impacto da tecnologia. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1964.

GADE, C. Psicologia do consumidor. São Paulo: EPU, 1980.

GRACIOSO, F. Planejamento estratégico orientado para o mercado. São Paulo: Atlas, 1990.

HAUGTVEDT, C. Careers in consumer psychology. Ohio, 1997. Disponível em: , Acesso em: 15 abr.2001.

JACOBY, J; JOHAR, G.V.; MORRIN M. Consumer behavior: a quadrennium. Annual Review of Psychology, v.49, p.319-344, 1998.

KARDES, Frank R. President’s column. Society News, 1997. Disponível em: , Acesso em: 10 dez.2000.

KARSAKLIAN, E. Comportamento do consumidor. São Paulo: Atlas, 2000.

KOTLER, P.; FOX, K.F.A. Marketing estratégico para instituições educacionais. São Paulo: Atlas, 1994.

LEVITT, T. A imaginação de marketing. São Paulo: Atlas, 1985.

MAASS, A.; CLARK, R.D.III Hidden impact of minorities: fifteen years of minority influence research: Psychological bulletin. v.95, p.428-450, 1984.

PARKER, L. H.; RENNIE, L.J. Gender equity. Sydney: Curtin University of Technology, 1995.

SCHIFFMAN, L.G.; KANUK, L.L. Comportamento do consumidor. Rio de Janeiro: LTC, 2000.

SHETH, J.N.; MITTAL, B.; NEWMAN, B.I. Consumer behavior and beyong. Orlando: Dryden Press, 2001.

SIEGEL, S. Estatística não paramétrica para ciências do comportamento. São Paulo: McGraw Hill, 1975.

SIMONSON, I., CARMON, Z., DHAR, R. Et al. Consumer research: in search of identity. Annual Review of Psychology, v.52, p.249-275, 2001.

VECTORE, C. A escolha da pré-escola: um problema de psicologia do consumidor. 1992.Tese de Doutorado. IPUSP, São Paulo, 1992.

VEIGA NETO, A.R. Mercado competitivo: O que fazer para conquistar clientes? Revista Ensino Superior, p. 35-37, Ago.2001.

WALLACE, J.; LOUDEN, W. Collaboration and the Growth of Teachers’ Knowledge. Qualitative Studies in Education. 7, n. 4, 323-334, 1994.