Poder, tecnologia e controle burocrático: uma análise crozieriana em uma empresa de informática do governo do estado do Paraná Outros Idiomas

ID:
12236
Resumo:
Este artigo utiliza a teoria do sociólogo Michel Crozier para analisar o uso da tecnologia como forma de controle social na organização estudada. Crozier mostra, em sua análise sobre poder e burocracia, como a regra estrutura as relações entre os grupos, reforçando a impessoalidade na organização. Nessa perspectiva, a burocracia é uma solução organizacional que tentaria evitar a arbitrariedade, o confronto entre os indivíduos e grupos e os abusos de poder. O artigo procura, ainda, mostrar como a tecnologia pode ser usada como instrumento de controle burocrático, embora, dependendo de sua posição na organização e do poder que efetivamente possuem, os atores sociais disponham, na prática, de espaços de reação e resistência diferenciados, podendo furtar-se ou não à vigilância e ao controle social dos quais são freqüentemente alvo. O artigo mostra também que a igualdade burocrática é uma ficção que depende dos meios concretos que os indivíduos dispõem para diferenciar-se no sistema organizacional.
Citação ABNT:
VASCONCELOS, I. F. G.; PINOCHET, L. H. C. Poder, tecnologia e controle burocrático: uma análise crozieriana em uma empresa de informática do governo do estado do Paraná. Revista de Administração Pública, v. 38, n. 3, p. 465-479, 2004.
Citação APA:
Vasconcelos, I. F. G., & Pinochet, L. H. C. (2004). Poder, tecnologia e controle burocrático: uma análise crozieriana em uma empresa de informática do governo do estado do Paraná. Revista de Administração Pública, 38(3), 465-479.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/12236/poder--tecnologia-e-controle-burocratico--uma-analise-crozieriana-em-uma-empresa-de-informatica-do-governo-do-estado-do-parana/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português