Escritório de Gerenciamento de Projetos: aspectos influenciadores de sua virtualização Outros Idiomas

ID:
12515
Resumo:
O presente artigo apresenta um modelo de análise dos aspectos influenciadores para virtualização de um Escritório de Gerenciamento de Projetos (Project Management Office - PMO). Para desenvolver esse modelo, foi realizada uma revisão bibliográfica que possibilitou um conhecimento sobre o estado da arte nos tópicos abordados, situação atual e principais trabalhos já realizados. Em seguida foi feita uma pesquisa sobre a percepção desses fatores de profissionais em gerenciamento de projetos filiados a dois dos principais fóruns eletrônicos em gestão de projetos no Brasil. O modelo que emergiu foi avaliado em uma segunda pesquisa de campo. Os resultados demonstraram que a percepção do grau de maturidade da metodologia não exerce uma influência direta sobre o estado potencial para virtualização do PMO, mas sim indireta, por meio da  percepção da contribuição da estrutura organizacional para a gestão dos projetos. O modelo obtido mostrou-se ajustado aos dados empíricos, apresentando escalas com validade convergente e construtos testados quanto à confiabilidade.
Citação ABNT:
GUIMARÃES, E. B. G.; SCHEIBLE, A. C. F.; SANTOS, E. M. D. Escritório de Gerenciamento de Projetos: aspectos influenciadores de sua virtualização. Revista Economia & Gestão, v. 11, n. 27, p. 184-207, 2011.
Citação APA:
Guimarães, E. B. G., Scheible, A. C. F., & Santos, E. M. D. (2011). Escritório de Gerenciamento de Projetos: aspectos influenciadores de sua virtualização. Revista Economia & Gestão, 11(27), 184-207.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/12515/escritorio-de-gerenciamento-de-projetos--aspectos-influenciadores-de-sua-virtualizacao/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ANSELMO, J. L.; MAXIMIANO, A. C. A. Escritório de gerenciamento de projetos: um estudo de caso. Revista de Administração, São Paulo, v. 41, n. 4, p. 394-403, out./nov./dez. 2006.

BOUER, R.; CARVALHO, M. M. Metodologia singular de gestão de projetos: condição suficiente para a maturidade em gestão de projetos? Revista Produção, São Paulo, v. 15, n. 3, p. 347-361, 2005.

GARFEIN, S. Strategic portfolio management: a smart, realistic and relatively fastway to gain sustainable competitive advantage. Toronto, Canadá: PMI, 2005. Trabalho apresentado no PMI Global Congress.

KENDALL, G. J.; ROLLINS, S. C. Advanced portfolio management and the PMO Multiplying ROI at warp speed. Flórida: J. Ross Publishing, 2003.

KERZNER, H. Project management: a system approach to planning, scheduling and controlling. 8 ed. New Jersey: John Wiley & Sons, 2005.

KHAZANCHI, D.; ZIGURS, I. Patterns of effective management of virtual projects: an exploratory study. Newtown Square, PA: Project Management Institute, 2005.

LÉVY, P. O que é o virtual? São Paulo: Ed. 34, 1996.

MARTINS, G. A. Estatística geral e aplicada. São Paulo: Atlas, 2002.

MEREDITH, J. R.; MANTEL JR, S. J. Project management: a managerial approach. New York: John Wiley & Sons, 2000.

MORRIS, P. W. G; JAMIESON, A. Moving from corporate strategy to project strategy. Project Management Journal, Pennsylvania, v. 36, n. 4, p. 5-18. 2005.

NUNES, R. M. S.; VENDRAMETTO, O. Os negócios eletrônicos como instrumento de aperfeiçoamento entre redes de organizações: um estudo sobre o portal de compras do governo federal. Simpoi, 2009.

NUNNALLY, J. C. Psychometric theory. New York: McGraw-Hill, 1978.

PRADO, D. Maturidade em Gerenciamento de Projetos. São Paulo: Editora INDG. 2008. v. 1.

PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE (PMI). OPM3: organizational project management maturity model. Newtown, Pennsylvania, 2009. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2009.

PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE (PMI). Um guia do conjunto de conhecimentos em gerenciamento de projetos (PMBok). Newtown, Pennsylvania, 2008.

RABECHINI JÚNIOR, R.; PESSÔA, M. S. Um modelo estruturado de competências e maturidade em gerenciamento de projetos. Revista Produção, São Paulo, v. 15, n. 1, p. 34-43, 2005.

RODRIGUES, I.; RABECHINI JR., R.; CSILLAG, J. M. Os escritórios de projetos como indutores de maturidade em gestão de projetos. Revista de Administração da Universidade de São Paulo, v. 41, n. 3, jun. /set. 2006.

SELLTIZ, C. Métodos de pesquisa nas reações sociais. São Paulo: EPU, 1987.

SHENHAR, A. J. et al. Linking project management to business strategy. Newtown, Pennsylvania, Project Management Institute, 2007.

TINNIRELLO, P. New directions in project management. Florida: Auerbach Publications, 2001.

VARGAS, R. V. Gerenciamento de projetos: estabelecendo diferenciais competitivos. Rio de Janeiro: Brasport, 2007.

VARGAS, R. V. Virtual project management office: rompendo as barreiras geográficas em projetos. Rio de Janeiro: Grupo A&C, 2008, Disponível em: . Acesso em: 22 nov. 2008.

VERZUH, E. Fast forward MBA in project management. New York: John Wiley & Sons, 2008.