Adequação dos Currículos dos Cursos de Contabilidade das universidades federais brasileiras ao Currículo Mundial de Contabilidade e o desempenho no Enade Outros Idiomas

ID:
137
Periódico:
Resumo:
O presente artigo tem por objetivo investigar a adequação dos currículos adotados pelos cursos de Ciências Contábeis nas universidades federais brasileiras ao Currículo Mundial de Contabilidade proposto pela ONU/UNCTAD/ISAR. Para tanto, realizou-se uma pesquisa com abordagem hipotético-dedutiva, de cunho quantitativo, a partir do levantamento dos currículos de contabilidade de 27 universidades que ofertam graduação em Ciências Contábeis. Adicionalmente, investiga-se se há correlação entre a adequação ao Currículo Mundial de Contabilidade pelas universidades federais do país e o desempenho dos seus graduandos de Ciências Contábeis no Exame Nacional de Desempenho de Estudante (Enade). Os resultados evidenciam que os currículos das IESs pesquisadas apresentam menos de 50% de adequação às disciplinas sugeridas pelo Currículo Mundial de Contabilidade e que várias disciplinas ofertadas pelas universidades federais brasileiras não guardam correspondência com o Currículo Mundial. Além disso, o resultado do teste de correlação de Spearman revelou que não há correlação entre a adequação pelas universidades federais brasileiras ao Currículo Mundial e o conceito Enade obtido pelas IESs, em 2006.
Citação ABNT:
CAVALCANTE, D. S.; AQUINO, L. D. P.; LUCA, M. M. M.; BUGARIM, M. C. C.; PONTE, V. M. R. Adequação dos Currículos dos Cursos de Contabilidade das universidades federais brasileiras ao Currículo Mundial de Contabilidade e o desempenho no Enade. Pensar Contábil, v. 13, n. 50, art. 5, p. 42-52, 2011.
Citação APA:
Cavalcante, D. S., Aquino, L. D. P., Luca, M. M. M., Bugarim, M. C. C., & Ponte, V. M. R. (2011). Adequação dos Currículos dos Cursos de Contabilidade das universidades federais brasileiras ao Currículo Mundial de Contabilidade e o desempenho no Enade. Pensar Contábil, 13(50), 42-52.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/137/adequacao-dos-curriculos-dos-cursos-de-contabilidade-das-universidades-federais-brasileiras-ao-curriculo-mundial-de-contabilidade-e-o-desempenho-no-enade/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BONK, Curtis Jay; SMITH, G. Stevenson. Alternative instructional strategies for creative and critical thinking in the accounting curriculum. Journal of Accounting Education, 1998, v. 16, n. 2, p. 261-293. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2009.

BRASIL. Res. CNE/CES nº 10, de 16 de dez. de 2004. Institui as diretrizes nacionais curriculares para o curso de graduação em Ciências Contábeis, bacharelado, e dá outras providências. In: Conselho Nacional de Educação – Câmara de Educação Superior. Legislação Republicana Brasileira. Brasília, 2004. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2009.

BURNETT, Royce; FRIEDMAN, Mark; YANG, Ya-wen. The change of students’ perception of accounting skills in intermediate accounting: a guide for accounting education reform. The Accounting Educators’ Journal, Miami, 2008, v. 18, p. 81-101. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2009.

CZESNAT, A. F. O.; CUNHA, J. V. A. Uma análise comparativa entre os currículos dos cursos de Ciências Contábeis nas universidades de Santa Catarina listadas no MEC com o currículo internacional proposto pela UNCTAD/ONU/ISAR. In: SEMINÁRIO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS FURB, 4., 2008, Blumenau. Anais... 2008.

DUTRA, Oneide Tadeu. Proposta de uma matriz curricular para o curso de Ciências Contábeis na Grande Florianópolis. Dissertação (Mestrado em Contabilidade) – Programa de Pós-Graduação em Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003. Disponível em: . Acesso em 12 nov. 2009.

ERFURTH, Alfredo Ernesto et al. O ISAR/UNCTAD, as diretrizes curriculares brasileiras e as disciplinas de Contabilidade de Custos: reflexões na área de Contabilidade. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 16., 2009, Fortaleza. Anais... Fortaleza: UFC, 2009.

ERFURTH, Alfredo Ernesto; DOMINGUES, Maria José C. de S. Estrutura curricular do curso de Ciências Contábeis na Universidade de Buenos Aires versus a estrutura curricular proposta pelo ISAR/UNCTAD. In: SEMINÁRIO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS FURB, 4., 2008, Blumenau. Anais... Blumenau: PPGCC/FURB, 2008. v. IV, p. 1-15.

INEP. Enade. Avaliação dos cursos de graduação. Disponível em: . Acesso em: 16 nov. 2009b.

INEP. Enade. Disponível em: . Acesso em: 16 nov. 2009a.

KAVANAGH, Marie H.; DRENNAH, Lyndal. What skills and attributes does an accounting graduate need? Evidence from student perceptions and employer expectations. Accounting & Finance, 2007, v. 48, p. 279-300. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2009.

MAGALHÃES, Francyslene Abreu Costa; ANDRADE, Jesusmar Ximenes. A educação contábil no Estado do Piauí diante da proposta de convergência internacional do currículo de Contabilidade concebida pela ONU/UNCTAD/ISAR. In: CONGRESSO USP DE CONTROLADORIA E CONTABILIDADE, 6., 2006, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, 2006.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de pesquisa. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

MARTÍN, Elena. Ensinar a pensar por meio do currículo. In: COLL, C.; MARCHESI, A.; PALACIOS, J. (Org.)Desenvolvimento psicológico e educação: transtornos de desenv. e necessidades educativas especiais, v. 3. Trad. Fátima Murad. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2004.

MARTINS, G. A.; THEÓPHILO, C. R. Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas. São Paulo: Atlas, 2007.

MULATINHO, Caio Eduardo Silva. Educação contábil: um estudo comparativo das grades curriculares e da percepção dos docentes dos cursos de graduação das universidades federais da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte, referentes ao programa mundial de estudos em Contabilidade proposto pela ISAR/UNCTAD/ONU. Recife, 2007. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Programa Multinstitucional e Inter-regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis. Disponível em: < http://migre.me/1cKWo>. Acesso em: 12 nov. 2009.

PEREIRA, Dimmitre Morant Vieira Gonçalves et al. A formação e a qualificação do contador face ao programa mundial de estudos em Contabilidade proposto pelo ISAR: uma abordagem no processo ensino-aprendizagem. In: CONGRESSO USP DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EM CONTABILIDADE, 2., 2005, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, 2005.

PIRES, Charline Barbosa; OTT, Ernani. Estrutura curricular do curso de Ciências Contábeis no Brasil versus estruturas curriculares propostas por organismos internacionais. In: CONGRESSO USP DE CONTROLADORIA E CONTABILIDADE, 8., 2008, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, 2008.

PREOBRAGENSKAYA, Galina G.; MCGEE, Robert W. Reforming the accounting curriculum in Russia: some guidelines based on the Armenian and Bosnian experiences. x. Barry University Andreas School of Business Working Paper, 2002. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2009.

RICCIO, Édson Luiz; SAKATA, Marici Cristine Gramacho. Evidências da globalização na educação contábil: estudo das grades curriculares dos cursos de graduação em universidades brasileiras e portuguesas. Revista de Contabilidade e Finanças – USP, São Paulo, n. 35, p. 35-44, mai./ago., 2004.

SOUZA, Márcio B.; ORTIZ, Herculano, C. A. A estrutura básica para o ensino superior de Contabilidade. In: PELEIAS, Ivam R. (Org.) Didática do ensino da Contabilidade: aplicável a outros cursos superiores. São Paulo: Saraiva, 2006, p. 121-178.

UNCTAD/ISAR. TD/B/COM.2/ISAR/5 – Directiva para a elaboración de un programa mundial de estúdios de Contabilidad y otras normas y requisitos de cualificación. Gienebra, 1999a. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2009.

UNCTAD/ISAR.TD/B/COM.2/ISAR/21 –Plan de studios mundial para la formación de constables professionals (revisado). Gienebra, 2003. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2009.

UNCTAD/ISAR.TD/B/COM.2/ISAR/6 – Plan de studios mundial para la formación de constables professionals. Gienebra, 1999b. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2009.