Avaliação da gestão de custos nas entidades hospitalares: um estudo na cidade de Uberlândia - MG Outros Idiomas

ID:
13753
Resumo:
Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa de campo realizada nos hospitais localizados na cidade de Uberlândia-MG, com objetivo de avaliar a utilização das informações de custos nas entidades hospitalares. Os hospitais possuem alta complexidade na operacionalização de suas atividades, exigindo dos gestores deste setor um maior empenho em obter um tratamento empresarial que proporcione eficiência suficiente para realizar seu negócio com credibilidade junto a seus clientes e mantendo uma condição econômico financeira que viabilize a competitividade da empresa. A metodologia utilizada caracteriza-se por um estudo exploratório. Para a coleta de dados, utilizou-se da pesquisa bibliografia, entrevista não-estruturada e questionário. Os resultados apontam que no grupo dos hospitais investigados, foi observada uma aplicação parcial da gestão de custos no processo decisório. Verificou-se que os gestores percebem a necessidade e a importância da informação de um sistema de custos para que se possa subsidiar de forma eficiente e eficaz o processo decisório e buscar a sustentabilidade econômico-financeira da organização.
Palavras-chave:
Citação ABNT:
SANTOS, M. E. D.; MARTINS, V. F.; LEAL, E. A. Avaliação da gestão de custos nas entidades hospitalares: um estudo na cidade de Uberlândia - MG. Revista de Administração Hospitalar e Inovação em Saúde, v. 10, n. 1, p. 3-17, 2013.
Citação APA:
Santos, M. E. D., Martins, V. F., & Leal, E. A. (2013). Avaliação da gestão de custos nas entidades hospitalares: um estudo na cidade de Uberlândia - MG. Revista de Administração Hospitalar e Inovação em Saúde, 10(1), 3-17.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/13753/avaliacao-da-gestao-de-custos-nas-entidades-hospitalares--um-estudo-na-cidade-de-uberlandia----mg/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ABBAS, Kátia. Gestão de custos em organizações hospitalares. Florianópolis, 2001. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Programa de Pós Graduação em Engenharia de Produção, Universidade de Santa Catarina.

ALMEIDA, Teófilo R.R. Perspectivas de sobrevivência do hospital. Revista Paulista de Hospitais, São Paulo, n. 5-6, p.104-113, maio/jun. 1983.

BITTENCOURT, O.N.S. O emprego do método de custeio baseado em atividades: Activity-based costing – como instrumento de apoio à decisão na área hospitalar. 1999. Dissertação (Mestrado em Administração), Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

BORNIA, A. C. Análise Gerencial de Custos: aplicação em empresas modernas. Porto Alegre: Bookman, 2002.

CADERNOS DO TERCEIRO MUNDO. Saúde pública morre à míngua. Rio de Janeiro, n. 210, p. 32-39, jun. 1999.

CARPINTÉRO, J. N. C. Custos na área de saúde: considerações teóricas. VI Congresso Brasileiro de Custos. FEA/USP São Paulo, São Paulo, Anais... 29 de junho a 02 de julho de 1999.

CECILIO, L. C. de O. A modernização gerencial dos hospitais públicos: o difícil exercício da mudança. RAP Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 31, n. 03, p. 36-47, maio/jun. 1997.

CHIZZOTTI, A. A pesquisa em ciências humanas e sociais. Cortez. São Paulo, 1991.

COGAN, S. Custos e Preços: formação e análise. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002.

FACHIN, Odília. Fundamentos de metodologia. São Paulo: Atlas, 1993.

GIL, A.C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. São Paulo: Atlas, 2002.

HORNGREN, C.T.; DATAR, S.M.; FOSTER, G. Contabilidade de Custos, v. 1, e 2. 11ª ed. São Paulo: Prentice Hall, 2004.

LEONE, G.S.G. Curso de Contabilidade de Custos: Contém o Custeio ABC, São Paulo: Atlas, 2000.

MARTINS, E. Contabilidade de Custos. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MARTINS, G.A. Manual para elaboração de Monografias e Dissertações. 2. Ed., São Paulo: Atlas, 2000.

MATZ, A.; CURRY, O. I.; FRANK, G. W. Contabilidade de Custos. São Paulo: Atlas, 1987.

MEDICI, André César & MARQUES, Rosa Maria. Sistemas de custo como instrumento de eficiência e qualidade dos serviços de saúde. Cadernos Fundap. Rio de Janeiro: FGV, p.4749, jan/abr.1996.

OLIVEIRA, L. M.de; PEREZ JR, J. H. Contabilidade de Custos Para Não Contadores. São Paulo: Atlas, 2000.

PEREZ, J. H.; OLIVEIRA, L. M.; COSTA, R. G. Gestão estratégica de custos. São Paulo: Atlas, 1999.

SANTOS, R. V. Modelagem de sistemas de custo. Revista do Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo. São Paulo, ano iv, n. 7, p. 62-74, abr. 1999.

SILVA, A.C.R.. Metodologia da pesquisa aplicada à Contabilidade. São Paulo: Atlas, 2003.

VARTANIAN, G. H.; NASCIMENTO, D. T. O método de custeio pleno: uma abordagem conceitual. Revista do Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo. São Paulo, ano iv, n. 9, p. 34-41, set 1999.