Burocratização e controle organizacional: o contexto da grande empresa industrial. Notas preliminares Outros Idiomas

ID:
15199
Resumo:
O tema da burocratização constitui certamente um dos principais problemas em tomo dos quais emergiu um corpo significativo de teorias e pesquisas de médio alcance, às quais se convencionou chamar teoria organizacional.Um exame, mesmo que breve, dessa literatura é suficiente para revelar, a despeito da pluralidade de orientações teóricas que caracteriza esta área, uma certa tendenciosidade metodológica na definição do problema da burocratização organizacional. A característica principal desses estudos tem sido sua ênfase sobre o problema da configuração de dimensões estruturais explícitas ou implícitas da organização, reduzindo, assim, o estudo do fenômeno da burocratização a apenas uma de suas faces: o grau de consistência entre dimensões estruturais e racionalidade. A outra face do problema - a burocratização vista como uma estratégia de controle da força de trabalho no contexto da sociedade industrial - não tem merecido, por parte da abordagem organizacional, um nível de atenção sequer tangencial.
Citação ABNT:
PRATES, A. A.Burocratização e controle organizacional: o contexto da grande empresa industrial. Notas preliminares. Revista de Administração Pública, v. 15, n. 2, p. 112-128, 1981.
Citação APA:
Prates, A. A.(1981). Burocratização e controle organizacional: o contexto da grande empresa industrial. Notas preliminares. Revista de Administração Pública, 15(2), 112-128.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/15199/burocratizacao-e-controle-organizacional--o-contexto-da-grande-empresa-industrial--notas-preliminares/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português