Planos de estabilização e instabilidade nos mercados acionários Outros Idiomas

ID:
15343
Resumo:

O papel de índices representativos do mercado de ações é explicado com a descrição dos principais índices existentes no mundo e uma discussão de aspectos metodológicos de construção de índices. As variações reais do Índice da Bolsa de Valores de São Paulo são analisadas, desde sua implantação em janeiro de 1968 até fevereiro de 1991. Essa análise descreve a série, verifica a normalidade da distribuição de retornos, e avalia o seu comportamento no período mais recente, caracterizado por planos de estabilização econômica. Constata-se que o mercado se tornou mais instável com os planos de estabilização tendo sido prejudicado o desempenho geral de carteiras diversificadas com o aumento de riscos e a ampliação dos tipos de risco.


Citação ABNT:
LEITE, H. P.; SANVICENTE, A. Z. Planos de estabilização e instabilidade nos mercados acionários. Revista de Administração de Empresas, v. 31, n. 2, p. 25-36, 1991.
Citação APA:
Leite, H. P., & Sanvicente, A. Z. (1991). Planos de estabilização e instabilidade nos mercados acionários. Revista de Administração de Empresas, 31(2), 25-36.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/15343/planos-de-estabilizacao-e-instabilidade-nos-mercados-acionarios/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português