Motivação: mitos, crenças e mal-entendidos Outros Idiomas

ID:
15626
Resumo:

Se no âmbito das especulações puramente intelectuais, o fenômeno da motivação não parece apresentar maiores dificuldades, no domínio concreto do conhecimento prático, uma confusão generalizada instalou-se há muito, não permitindo que progressos significativos sejam feitos por aqueles que buscam eficácia no dia a dia de trabalho dentro das organizações. Trata-se da confusão entre aquilo que se deve chamar de ¿pura reação¿ (condicionamento) e o que deve ser reconhecido como ¿motivação autêntica¿. Este artigo tem como objetivo delimitar o domínio de cada um desses fenômenos tão heterogêneos, mostrando, em particular, quais são as formas de comportamento definidas pela psicologia como o resultado da ação das variáveis extrínsecas ao indivíduo e que, pelo simples fato de o induzirem à ação, foram erroneamente consideradas como típicas da verdadeira motivação.


Citação ABNT:
MARINHO, M. S. C.Motivação: mitos, crenças e mal-entendidos. Revista de Administração de Empresas, v. 30, n. 2, p. 5-22, 1990.
Citação APA:
Marinho, M. S. C.(1990). Motivação: mitos, crenças e mal-entendidos. Revista de Administração de Empresas, 30(2), 5-22.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/15626/motivacao--mitos--crencas-e-mal-entendidos/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português