Boas práticas de gestão de risco corporativo: estudo de dez empresas Outros Idiomas

ID:
16326
Resumo:
Vários fatores externos têm pressionado as empresas à adoção da gestão de risco corporativo. Os objetivos desse trabalho são: a) sumarizar os padrões de comportamento na adoção das práticas de gestão de risco pelas empresas pesquisadas; b) fazer uma convergência entre as práticas presentes na literatura e as adotadas pelas empresas. Essa pesquisa é teórico-empírica quanto à sua natureza e com objetivo descritivo. A abordagem adotada é qualitativa/quantitativa e o procedimento é estudo de caso múltiplo de dez empresas. Um questionário semiestruturado foi utilizado como método de coleta de dados. A fim de verificar se existem padrões entre as práticas empregadas, dois critérios de divisão foram utilizados entre as empresas: pequeno e grande porte; nacionais e multinacionais. Todas as empresas de pequeno porte são do enfoque tradicional. O mesmo ocorre com todas as empresas nacionais. Além disso, todas as empresas de enfoque tradicional, exceto uma, adotam todas as sete práticas de gestão de risco encontradas na literatura. Entre as práticas, apenas uma – Independência entre Board e CEO – é adotada por todas as dez empresas. Várias práticas foram citadas pelas empresas e não encontradas na literatura. A contribuição desse artigo é desenvolver uma estrutura conceitual de gestão de risco corporativo abrangendo o ciclo de gestão de risco corporativo, seus resultados e ferramentas que levam às boas práticas. Uma convergência entre as práticas da literatura e as práticas adotadas pelas empresas é apresentada como um aperfeiçoamento da estrutura conceitual. Como pesquisa futura, sugere-se repetir essa pesquisa em quantidade maior de empresas que a usada nesta pesquisa.
Citação ABNT:
CHING, H. Y.; COLOMBO, T. M. Boas práticas de gestão de risco corporativo: estudo de dez empresas. Revista Brasileira de Estratégia, v. 6, n. 1, p. 23-35, 2013.
Citação APA:
Ching, H. Y., & Colombo, T. M. (2013). Boas práticas de gestão de risco corporativo: estudo de dez empresas. Revista Brasileira de Estratégia, 6(1), 23-35.
DOI:
10.7213/rebrae.7664
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/16326/boas-praticas-de-gestao-de-risco-corporativo--estudo-de-dez-empresas/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS - ABNT. NBR ISO 31000. Gestão de riscos: princípios e diretrizes. Rio de Janeiro, 2009.

BEASLEY, M. S.; CLUNE, R.; HERMANSON, D. R. Enterprise risk management: an empirical analysis of factors associated with the extent of implementation. Journal of Accounting and Public Policy, v. 24, n. 6, 2005.

BEASLEY, M. S.; PAGACH, D.; WARR, R. Information conveyed in hiring announcements of senior executives overseeing enterprise - wide risk management processes. 2007. Disponível em: , Acesso em: 10 ju!. 2011.

BRANSON, B. Enterprise risk management: current initiatives and issues. Journal of Applied Finance, Apr., 2008.

CASUALTY ACTUARIAL SOCIETY - C.A.S. Overview of enterprise risk management, United States, May. 2003.

CHING, H. Y. Contribuição das boas práticas do mercado para a eficiência na gestão de risco corporativo. Revista Brasileira de Estratégia, v. 4, n. 3, P. 257-273, set./dez. 2011.

CORPORATE EXECUTIVE BOARD. Are you ready for S&P's ERM Assessment? Washington, 2007.

DAUD, W. N.; YAZID, A.; HUSSIN, H. M. The effect of Chief Risk Officer (CRO) on Enterprise risk Management Practices: evidence from Malaysia. International Business & Economics Research Journal, p. 55-64, 2010.

DESENDER, K. On the determinants of enterprise risk management implementation. 2007. Disponível em: . Acesso em: 13 set. 2011.

DUARTE Jr, A. M. A importância do gerenciamento de riscos corporativos em bancos. 2007. Disponível em: . Acesso em: 13 set. 2011.

ECONOMIST INTELLIGENCE UNIT - EIU. Best practice in risk management. London, 2007. Disponível em: . Acesso em: 31 out. 2011.

GLOBAL RISK CONSULTING - AON. Global enterprise risk management survey. Chicago, 2010.

GREEN, P.; JENNING-MARES, J. IIF's Final report on market best practices for financial institutions and financial products. Banking & Financial Services Poly. Rep, Sept. 2008.

HARNER, M. Ignoring the writing on the wall: the role of Enterprise risk management in the economic crisis. Journal of Business and Technology Law, v. 5, p. 45-58, 2010.

JAMES LAM & ASSOCIATES. Emerging best practices in developing key risk indicators and ERM Reporting. United States. Sept. 2006.

KAUFMAN, C.; OH, J.; SHERMAN, H. The importance of ERM during the economic upheaval. United States: GMI and Marsh, Inc. Join Study. Feb. 2009.

KLEFFNER, A.; LEE, R., MCGANNON, B. The effect of corporate governance on the use of enterprise risk management: evidence from Canada. Risk Management and Insurance Review, p. 53-73, 2003.

LAUGENI, F. P.; MARTINS, P. G. Administração da produção. 2 ed. São Paulo: Saraiva, 2005.

LIEBENBERG, A.; HOYT, R. The determinants of enterprise risk management: evidence from the appointment of chief risk officers. Risk Management and Insurance Review, v. 6, n. 1, p. 37-52, 2003. doi: 10.1111/1098-1616.00019.

MARSH AND RIMS THE RISK AND INSURANCE MANAGEMENT SOCIETY, Inc. Excellence in Risk Management VI. Strategic risk management in practice. United States, 2009.

NAMBIAR, V. Setting up the enterprise risk management office, ERM Symposium. 2006. Disponível em: .Acesso em: 13 set. 2011.

NOCCO, B.; STULZ, R. Enterprise risk management: theory and practice. Journal of Applied Corporate Finance, v. 18, n. 4, p. 8-20, 2006. doi: 10.1111/j.1745-6622.2006.00106.x.

PRICEWATERHOUSECOOPERS. Enterprise Risk Management (ERM) benchmarking Survey. United States, 2006.

PROTIVITI. Guide to enterprise risk management: frequently asked questions. United States, 2006.

THE COMMITTEE OF SPONSORING ORGANIZATIONS OF THE TREADWAY COMMISSION - COSO. Enterprise risk management - integrated framework. Executive Summary. United States, Sept. 2004.

THIESSEN, K.; HOYT, R.; MERKLEY, B. A composite sketch of a chiefrisk officer. The Conference Board of Canada, 2001.

TONELLO, M. Emerging governance practices in enterprise risk management. The Conference Board, 2007.