A localização das publicações e a identificação de tópicos quentes em sustentabilidade: uma primeira aproximação usando o WEB Of Science Outros Idiomas

ID:
1639
Resumo:
Tendo como preocupação central o estudo da sustentabilidade, este artigo analisa as publicações sobre este tema no banco de dados Web of Science, procurando a localização espaço-temporal destas publicações, assim como a identificação de temas de fronteira (tópicos quentes) nesta área do conhecimento. O estudo revelou, dentre outras questões, que cresce o volume de publicações nos anos mais recentes, concentrando-se nos Estados Unidos, tendo principal fonte o Journal Ecological Economics e como principal assunto as ciências ambientais. Os temas quentes são relacionados às disciplinas de gestão e de desenvolvimento, à dimensão ambiental e à água e ao solo, elementos do ecossistema.
Citação ABNT:
MADRUGA, L. R. R. G.A localização das publicações e a identificação de tópicos quentes em sustentabilidade: uma primeira aproximação usando o WEB Of Science. Revista de Gestão Social e Ambiental, v. 5, n. 2, art. 3, p. 34-46, 2011.
Citação APA:
Madruga, L. R. R. G.(2011). A localização das publicações e a identificação de tópicos quentes em sustentabilidade: uma primeira aproximação usando o WEB Of Science. Revista de Gestão Social e Ambiental, 5(2), 34-46.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/1639/a-localizacao-das-publicacoes-e-a-identificacao-de-topicos-quentes-em-sustentabilidade--uma-primeira-aproximacao-usando-o-web-of-science/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Banks, M. G. (2006). An Extension of the Hirsch index: Indexing scientific topics and compounds. Recuperado em 2 junho 2006. www.arxiv.org/abs/physics/0604216.

Gil, A. C. (1999). Métodos e técnicas de pesquisa social. 5 ed. São Paulo: Atlas.

Gladwin, T.; Kennelly, J. J.; Krause, T. (1995). Shifting paradigms for sustainable development: implications for management theory and research. Academy of Management Review, 20(4), 874-907.

Graft, H. J.; Musters, C. J. M.; Keurs, W. J. (1996). Sustainable development: looking for new strategies. Ecological Economics, v. 16, p. 205-216.

Hawken, P.; Lovins, A.; Lovins, L. H. (1999). Capitalismo natural: criando a próxima revolução industrial. São Paulo: Cultrix.

Hirsch, J. E. (2005). An index to quantify an individual's scientific research output. Proc. Nat. Acad. Sci., v. 102, p. 165-169.

Manzini, E.; Vezzoli, C. (2005). O desenvolvimento de produtos sustentáveis. Tradução de Astrid Carvalho. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo.

Thompson/Institute for Scientific Information. Base Referencial Web of Science. Philadelphia. Recuperado em maio/junho 2006. http://portal.isiknowledge.com/portal.cgi?DestApp=WOS&Func=Frame.

Véron, R. (2001). The 'new' Kerala model: lessons for sustainable development. World Development, 29(4), 601-617.

Vieira, V. A. (2002). As tipologias, variações e características da pesquisa de marketing. Revista FAE. 5(1), 61-70.

Walter, G. R. (2002). Economics, ecology-based communities, and sustainability. Ecological Economics, v. 42, p. 81-87.