Os reflexos da globalização e do Mercosul sobre as empresas de vinhos do Brasil e do Uruguai: uma pesquisa exploratória Outros Idiomas

ID:
16785
Resumo:
Neste texto são relatados os resultados de uma pesquisa realizada no Brasil e no Uruguai para identificar as principais conseqüências da globalização e do Mercosul para as empresas de vinhos nos mercados internos e externos, o papel do capital estrangeiro no setor e as principais estratégias adotadas pelas vinícolas diante desse cenário. Foi realizada uma pesquisa exploratória por meio de entrevistas em profundidade com 17 experts na área de vinhos, sendo dez do Brasil e sete do Uruguai. Os principais resultados encontrados foram: a globalização e o Mercosul tiveram relevante papel para as alterações estratégicas ocorridas nas vinícolas de ambos países; a maior concorrência nos mercados internos dos vinhos importados foi no Brasil para vinhos finos e no Uruguai para vinhos de mesa; no Uruguai, as alianças estratégicas com vinícolas estrangeiras foram importantes, em especial para as exportações; no Brasil, as multinacionais foram relevantes pela introdução e pela disseminação de inovações de processos produtivos; as estratégias mais usadas foram a de diferenciação para os vinhos finos e a de preços para os vinhos de mesa.
Citação ABNT:
TERUCHKIN, S. U.Os reflexos da globalização e do Mercosul sobre as empresas de vinhos do Brasil e do Uruguai: uma pesquisa exploratória. RAUSP Management Journal, v. 39, n. 1, p. 87-95, 2004.
Citação APA:
Teruchkin, S. U.(2004). Os reflexos da globalização e do Mercosul sobre as empresas de vinhos do Brasil e do Uruguai: uma pesquisa exploratória. RAUSP Management Journal, 39(1), 87-95.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/16785/os-reflexos-da-globalizacao-e-do-mercosul-sobre-as-empresas-de-vinhos-do-brasil-e-do-uruguai--uma-pesquisa-exploratoria/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português