Associação de interesse no agronegócio brasileiro: análise de estratégias coletivas Outros Idiomas

ID:
16789
Resumo:
Neste artigo, analisam-se as estratégias das associações de interesse privado (AIPs) que atuam nos agronegócios brasileiros. Sistematizam-se as idéias apresentadas por Olson (1971; 2000), desenvolvendo e aplicando um critério de classificação das associações segundo o tamanho e a heterogeneidade do grupo de empresas representadas e outro segundo a estrutura de tomada de decisão e contribuição. Ambas as classificações representam contribuição à literatura sobre ações coletivas. Analisa-se a oferta de incentivos para uma amostra de 14 organizações de interesse privado e discute-se as ações políticas e de prestação de serviços implementadas pelas associações, definidas como bens coletivos e incentivos seletivos, e a compatibilidade entre a arquitetura organizacional das associações e o atendimento das demandas de seus associados.
Citação ABNT:
NASSAR, A. M.; ZYLBERSZTAJN, D. Associação de interesse no agronegócio brasileiro: análise de estratégias coletivas. RAUSP Management Journal, v. 39, n. 2, p. 141-152, 2004.
Citação APA:
Nassar, A. M., & Zylbersztajn, D. (2004). Associação de interesse no agronegócio brasileiro: análise de estratégias coletivas. RAUSP Management Journal, 39(2), 141-152.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/16789/associacao-de-interesse-no-agronegocio-brasileiro--analise-de-estrategias-coletivas/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português