Planejamento turístico: análise da proposta no município de Valença (BA) no âmbito das recomendações das políticas públicas do turismo no país Outros Idiomas

ID:
1680
Resumo:
Este trabalho teve como objetivo geral estabelecer um paralelo entre as atuais recomendações das políticas públicas do turismo nacional e o planejamento do turismo no município de Valença – Bahia. Para tanto, foi realizada uma discussão teórica sobre a importância do planejamento para o desenvolvimento turístico do município, enfocando o turismo e o planejamento, o setor público e o turismo e planejamento e participação. Ademais, analisou-se a proposta de planejamento traçada para o município em questão, através de pesquisas e entrevistas com membros da secretaria de turismo e atores sociais. Foram realizadas pesquisas em dados secundários disponibilizados pela secretaria de turismo do município e em dados primários (entrevistas), bem como utilização do método DAFO, como método auxiliar de análise. Os resultados apontaram para a não consideração efetiva da participação popular nas ações propostas pelo planejamento turístico de Valença e na decisão de políticas públicas de turismo do município. Este resultado evidencia a utilização de ações inadequadas e a falta de  compreensão dos indivíduos sobre a importância da participação. Conclui-se que a estruturação do turismo, baseada na participação e integração dos agentes envolvidos, pode trazer resultados
mais efetivos e condizentes com a realidade da região.
Citação ABNT:
CASTRO, F. M. M.; MIDLEJ, M. M. C. Planejamento turístico: análise da proposta no município de Valença (BA) no âmbito das recomendações das políticas públicas do turismo no país. Caderno Virtual de Turismo, v. 11, n. 1, art. 2, p. 18-35, 2011.
Citação APA:
Castro, F. M. M., & Midlej, M. M. C. (2011). Planejamento turístico: análise da proposta no município de Valença (BA) no âmbito das recomendações das políticas públicas do turismo no país. Caderno Virtual de Turismo, 11(1), 18-35.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/1680/planejamento-turistico--analise-da-proposta-no-municipio-de-valenca--ba--no-ambito-das-recomendacoes-das-politicas-publicas-do-turismo-no-pais/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ALVES, Magda. Como Escrever Teses e Monografias: um roteiro passo a passo. 3. reimpr. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

BAHIA, Governo do Estado. Secretaria da Cultura e Turismo. Século XXI – Consolidação do Turismo: estratégia turística da Bahia 2003-2020. – Salvador: A Secretaria, 2005

BANCO DO NORDESTE DO BRASIL, Plano de Ação PRODETUR NE-II. Disponível em: http://www.bnb. gov.br/content/aplicacao/PRODETUR.asp. (acessado em 09/2006)

BOMFIM, Natanael. R. A Representação Social como Teoria e Método de Pesquisa em Ciências Humanas (Texto Didático), 2006.

COSTA, Marcio. A. L. Segmentação do mercado turístico: o caso do destino Brasil. 269 f. (Dissertação Mestrado em Cultura e Turismo). Ilhéus: Universidade Estadual de Santa Cruz, 2006.

DENCKER, Ada. F. M. (org). Planejamento e gestão em turismo e hospitalidade. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2004.

DIAS, Reinaldo. Introdução ao estudo do Turismo. São Paulo: Atlas, 2005.

DIAS, Reinaldo. Planejamento do Turismo: política e desenvolvimento do turismo no Brasil. São Paulo: Atlas, 2003.

FRANÇA, Rosana. D; AMARAL, Camélia. A. Destinos Competitivos: metodologia para regionalização e roteirização turística. Salvador: SEBRAE/BA, 2005.

GANDIN, Danilo. A posição do planejamento participativo entre as ferramentas de intervenção da realidade. In: Currículo sem Fronteira, v. 1, n. 1 Jan/Jun, 1991.

GOMES, P. C. O conceito de região e sua discussão. In: CASTRO, I.E. et al. (Orgs). Geografia: conceitos e temas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995.

MARCONI, Marina; LAKATOS, Eva. M. Metodologia do trabalho científico. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2001.

MARSIGLIA, J. (comp.). CLAEH. Montevideo, 1999

MARSIGLIA, J; PINTOS, G. La construcción del desarrollo local como desafío metodológico. In: Desarrollo Local en la Globalización.

MASINA, Renato. Introdução ao estudo do turismo: conceitos básicos. Porto Alegre: Mercado Aberto, 2002.

MIGLIOLI, Jorge. Introdução ao planejamento econômico. São Paulo: Brasiliense, 1982.

MINISTÉRIO DO TURISMO. Plano Nacional de Turismo 2007-2010. Brasilia, 2007.

MINISTÉRIO DO TURISMO. Programa de Regionalização do Turismo. Brasilia, 2004.

PETROCCHI, Mario. Turismo: planejamento e gestão. São Paulo: Futura, 2001.

RUSCHMANN, Doris. M. Turismo e planejamento sustentável: a proteção do meio ambiente. Campinas, SP: Papirus, 2004.

SACHS, I. Estratégias de Transição para o Século XXI: Desenvolvimento e Meio Ambiente. São Paulo: Studio Nobel: Fundação do Desenvolvimento Administrativo, 1993.

SECRETARIA DE CULTURA INDÚSTRIA E TURISMO DE VALENÇA. Plano de Ação 2007-2008. Valença, Bahia, 2007.

SECRETARIA DE CULTURA INDÚSTRIA E TURISMO DE VALENÇA. Plano Emergencial de Turismo de Valença. Valença, Bahia, 2006.

STÖHR, W. “Development from below: the bottom-up and peripheryinward development paradigm”, Development from above or from below?, STÖHR, W. and TAILOR, D. F. (Ed.), John Wiley, Chichester, 1981.

VÁZQUEZ BARQUERO, A. “Desarrollo local y dinámica regional”, In: Economía y política regional en España ante la Europa del s. XXI, MELLA, J. M. (Coord.), Akal: Madrid, 1991.

WEBER, Max. Economia e Sociedade. Brasília: UnB, 1991.