Escritório de gerenciamento de projetos: um estudo de caso Outros Idiomas

ID:
16943
Resumo:
Os estudos e a adoção de metodologias de gerenciamento de projetos vêm ganhando terreno desde as duas últimas décadas do século XX, devido a quatro fatores principais: surgimento de negócios, como a tecnologia da informação, orientados para produtos feitos sob encomenda; rapidez da mudança tecnológica; crescente competitividade empresarial; e necessidade de implementar processos de renovação organizacional, inclusive o constante desenvolvimento de novos produtos e serviços. Nesse contexto, as falhas na execução dos projetos têm resultados desastrosos. Para evitá-las, diversos mecanismos foram desenvolvidos. O escritório de gerenciamento de projetos (EGP) é um deles. Neste artigo, tem-se o objetivo de analisar, por meio de um estudo de caso comparado a um quadro de referências, a implantação e a utilização de um Escritório de Gerenciamento de Projetos como instrumento de apoio ao gerenciamento de projetos e de implementação de estratégias organizacionais. Na análise são enfocados a identificação das principais dificuldades e dos fatores críticos de sucesso da implantação e os principais pontos positivos e negativos da utilização do escritório.
Citação ABNT:
MAXIMIANO, A. C. A.; ANSELMO, J. L. Escritório de gerenciamento de projetos: um estudo de caso. RAUSP Management Journal, v. 41, n. 4, p. 394-403, 2006.
Citação APA:
Maximiano, A. C. A., & Anselmo, J. L. (2006). Escritório de gerenciamento de projetos: um estudo de caso. RAUSP Management Journal, 41(4), 394-403.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/16943/escritorio-de-gerenciamento-de-projetos--um-estudo-de-caso/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português