Poder, objetivos e instituições como determinantes da definição de qualidade em organizações brasileiras e escocesas Outros Idiomas

ID:
17027
Resumo:
Este artigo discute a importância das variáveis poder, objetivos e instituições na análise da definição de qualidade nas organizações, com base em dados empíricos coletados em organizações brasileiras e escocesas. A pesquisa realizada caracteriza-se como estudo exploratório e comparativo de casos. Os dados foram coletados em fontes primárias e secundárias, e analisados de forma qualitativa, com a utilização da técnica de análise de agrupamento para dados qualitativos. Os resultados sugerem que as percepções sobre qualidade variam entre grupos organizacionais, bem como entre ambientes institucionais. Isto sugere certos cuidados na aplicação de conceitos que, com frequência, têm sido tratados como universais, como é o caso de qualidade.
Citação ABNT:
VIEIRA, M. M. F.Poder, objetivos e instituições como determinantes da definição de qualidade em organizações brasileiras e escocesas. Revista de Administração Contemporânea, v. 1, n. 1, p. 7-33, 1997.
Citação APA:
Vieira, M. M. F.(1997). Poder, objetivos e instituições como determinantes da definição de qualidade em organizações brasileiras e escocesas. Revista de Administração Contemporânea, 1(1), 7-33.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/17027/poder--objetivos-e-instituicoes-como-determinantes-da-definicao-de-qualidade-em-organizacoes-brasileiras-e-escocesas/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português