A tradição anglo-saxônica nos estudos organizacionais brasileiros Outros Idiomas

ID:
17225
Resumo:
Este artigo analisa a evolução dos estudos organizacionais no Brasil, os temas eleitos como relevantes e a sua predominância no contexto da área de administração. Para tanto examinam-se os temas mais freqüentes nos periódicos da área e a importância relativa da literatura estrangeira nos artigos publicados. Neste sentido este trabalho tem por objetivo apenas apresentar um retrato do campo, sugerir pontos para reflexão dos seus atores e, portanto, servir de estímulo a investigações futuras mais aprofundadas.
Citação ABNT:
RODRIGUES, S. B.; CARRIERI, A. P. A tradição anglo-saxônica nos estudos organizacionais brasileiros. Revista de Administração Contemporânea, v. 5, n. n.spe, p. 81-102, 2001.
Citação APA:
Rodrigues, S. B., & Carrieri, A. P. (2001). A tradição anglo-saxônica nos estudos organizacionais brasileiros. Revista de Administração Contemporânea, 5(n.spe), 81-102.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/17225/a-tradicao-anglo-saxonica-nos-estudos-organizacionais-brasileiros/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português