Centros de pesquisa cooperativa Outros Idiomas

ID:
18136
Autores:
Resumo:
As relações entre as universidades e o setor empresarial constituem tema de grande interesse, em virtude de seu potencial de suporte ao desenvolvimento tecnológico e à capacidade de inovação das empresas. Tais relações podem assumir várias formas, desde a consultoria individual de um professor para uma empresa até a formação de estruturas especiais e complexas, como os parques tecnológicos. Neste artigo, é apresentado um arranjo organizacional específico para a interação universidade-empresa: o Centro de Pesquisa Cooperativa – estrutura autônoma, sediada em universidade, cuja operação é financiada pelo governo e por várias empresas de um mesmo setor ou de setores correlatos. As principais atividades de um centro desse tipo são a pesquisa genérica ou pré-competitiva, de interesse do conjunto das empresas, e o ensino de pós-graduação. São apresentados, também, dois programas de centros de pesquisa cooperativa, um dos Estados Unidos e outro da Austrália, focalizando seu histórico, operação, resultados e fatores de sucesso. Essa análise foi baseada em documentos e em visitas a vários centros e a órgãos governamentais responsáveis pela implantação de tais programas, nos quais foram entrevistados pesquisadores e dirigentes. Já existem no Brasil algumas das motivações e dos fatores de sucesso apontados no trabalho, sugerindo que um programa brasileiro de centros de pesquisa cooperativa pode vir a constituir uma iniciativa bem-sucedida, considerando-se a existência de experiências já consolidadas de cooperação universidade-empresa em diferentes setores.
Citação ABNT:
STAL, E.Centros de pesquisa cooperativa. RAUSP Management Journal, v. 34, n. 4, p. 71-80, 1999.
Citação APA:
Stal, E.(1999). Centros de pesquisa cooperativa. RAUSP Management Journal, 34(4), 71-80.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/18136/centros-de-pesquisa-cooperativa/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português