Brazilian Administration Review: uma análise do perfil da produção acadêmica científica no período de 2004 a 2012 sob a ótica da rede social e da bibliometria Outros Idiomas

ID:
18253
Resumo:
Este artigo explorou a produção acadêmica científica da Brazilian Administration Review, no período de 2004 a 2012. O artigo baseou-se num estudo de rede social e bibliométrico, utilizando-se da estatística descritiva, em 159 artigos identificados. Os principais resultados deste estudo foram: predominância de trabalhos em parceria; Machado-da-Silva foi o autor que mais publicou; a Fundação Getúlio Vargas de São Paulo foi a Instituição de Ensino Superior (IES) que mais publicou; centralidade da rede de coautoria e da rede das IESs; DiMaggio foi o pesquisador mais citado; as palavras mais visualizadas nos títulos e nas palavras-chave foram: management, performance e organizational. Conclui-se de forma macro que o acervo da Brazilian Administration Review reflete o universo da produção acadêmica da área de administração, ajudando assim a desenvolver, a disseminar e a socializar a área por meio de artigos científicos publicados na literatura acadêmica nacional.
Citação ABNT:
RIBEIRO, H. C. M.; COSTA, B. K. Brazilian Administration Review: uma análise do perfil da produção acadêmica científica no período de 2004 a 2012 sob a ótica da rede social e da bibliometria. Revista de Ciências da Administração, v. 15, n. 37, p. 65-81, 2013.
Citação APA:
Ribeiro, H. C. M., & Costa, B. K. (2013). Brazilian Administration Review: uma análise do perfil da produção acadêmica científica no período de 2004 a 2012 sob a ótica da rede social e da bibliometria. Revista de Ciências da Administração, 15(37), 65-81.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/18253/brazilian-administration-review--uma-analise-do-perfil-da-producao-academica-cientifica-no-periodo-de-2004-a-2012-sob-a-otica-da-rede-social-e-da-bibliometria/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ACEDO, F. J.; CASILLAS, J. C. Current paradigms in the international management field: an author co-citation analysis. International Business Review, GrãBretanha, v. 14, p. 619-639, 2005.

ALVARENGA, L. Bibliometria e arqueologia do saber de Michael Foucault – traços de identidade teóricometodológica. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 27, n. 3, 1998.

BAR – Brazilian Administration Review. Apresentação. [2013]. Disponível em: . Acesso em: 4 jan. 2013.

BORBA, M. L. de; HOELTGEBAUM, M.; SILVEIRA, A. A produção científica em empreendedorismo: análise do Academy of Management Meeting: 1954-2005. Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, v. 12, n. 2, p. 169-206, 2011

BORGES, P. C. R. Métodos quantitativos de apoio à bibliometria: a pesquisa operacional pode ser uma alternative? Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 31, n. 3, p. 5-17, 2002.

BORTOLLOSSI, L. N.; SAMPAIO, M. A produção acadêmica publicada na revista Gestão & Produção de 1999 a 2010: tendências e direções para pesquisas futuras. Gestão & Produção, São Carlos, v. 19, n. 1, p. 189-201, 2012.

BREI, V. A.; D’AVILA, L.; CAMARGO, L. F.; ENGELS, J. The influence of adaptation and standardization of the marketing mix on performance: a meta-analysis. Brazilian Administration Review, Curitiba, v. 8, n. 3, p. 266-287, 2011.

BRUNOZI JÚNIOR, A. C. et al. Revista Contabilidade & Finanças – USP: uma análise do perfil da produção científica de 1989 a 2009. Revista Universo Contábil, Santa Catarina, v. 7, n. 4, p. 39-59, 2011.

CALABRETTA, G.; DURISIN, B.; OGLIENGO, M. Uncovering the intellectual structure of research in business ethics: a journey through the history, the classics, and the pillars of Journal of Business Ethics. Journal of Business Ethics, Houten, v. 104, p. 499-524, 2011.

CAMPOS, A. M. de S. M.; COSTA, I. de S. A. da. Espaços e caminhos para a pesquisa em administração: estimulando a prática da reflexividade. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, Edição Especial Comemorativa, p. 37-48, 2007.

CARDOSO, R. L. et al. Pesquisa científica em contabilidade entre 1990 e 2003. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 45, n. 2, p. 34-45, 2005.

CHAMBERS, E. A. An introduction to meta-analysis with articles from the journal of educational research (19922002). The Journal of Educational Research, EUA, v. 98, n. 1, p. 35-44, 2004.

CRUZ, A. P. C. da et al. Perfil das redes de cooperação científica: congresso USP de controladoria e contabilidade – 2001 a 2009. Revista Contabilidade & Finanças, São Paulo, v. 22, n. 55, p. 64-87, 2011

DURISIN, B.; CALABRETTA, G.; PARMEGGIANI, V. The intellectual structure of product innovation research: a bibliometric study of the Journal of Product Innovation Management, 1984-2004. Journal of Product Innovation Management, EUA, v. 27, p. 437-451, 2010.

EGGHE, L. Zipfian and lotkaian continuous concentration theory. Journal of the American Society for Information Science and Technology, EUA, v. 56, n. 9, p. 935-945, 2005.

FERNANDEZ-ALLES, M.; RODRÍGUEZ-RAMOS, A. Intellectual structure of human resources management research: a bibliometric analysis of the journal human resource management, 1985-2005. Journal of the American Society for Information Science and Technology, EUA, v. 60, n. 1, p. 161-175, 2009.

FERREIRA, M. P. A bibliometric study on ghoshal´s managing across borders.The Multinational Business Review, v. 19, n. 4, p. 357-375, 2011.

FERREIRA, M. P. et al. John Dunning’s influence in international business/strategy research: a bibliometric study in the strategic management journal. Journal of Strategic Management Education, EUA, v. 7, n. 2, p. 1-24, 2011.

FRANCISCO, E. de R. RAE-eletrônica: exploração do acervo à luz da bibliometria, geoanálise e redes sociais. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 51, n. 3, p. 280-306, 2011.

GNYAWALI, D.; MADHAVAN, R. Cooperative networks and competitive dynamics: a sctrutural embeddedness perspective. Academy of Management Review, EUA, v. 26, n. 3, p. 431-445, 2001.

GONÇALVES, S. A. Organizational institutionalism in the academic field in Brazil: social dynamics and networks. Brazilian Administration Review, v. 6, n. 4, p. 299315, 2009.

GUARIDO FILHO, E. R.; MACHADO-DA-SILVA, C. L.; ROSSONI, L. The social and intellectual dimensions in the construction of scientific knowledge: the institutional theory in organization studies in Brazil. Brazilian Administration Review, Curitiba, v. 7, n. 2, p. 136-154, 2010

HOFFMAN, D. L.; HOLBROOK, M. B. The intellectual structure of consumer research: a bibliometric study of author cocitations in the first 15 years of the journal of consumer research. Journal of Consumer Research, EUA, v. 19, p. 505-517, 1993.

MASCARENHAS, A. O.; ZAMBALDI, F.; MORAES, E. A. de. Rigor, relevância e desafios da academia em administração: tensões entre pesquisa e formação profissional. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 51, n. 3, p. 265-279, 2011.

MCMILLAN, G. S.; CASEY, D. L. Research note: identifying the invisible colleges of the british journal of industrial relations: a bibliometric and social network approach. British Journal of Industrial Relations, Grã-Bretanha, v. 45, n. 4, p. 815-828, 2007.

NERUR, S. P.; RASHEED, A. A.; NATARAJAN, V. The intellectual structure of the strategic management field: an author co-citation analysis. Strategic Management Journal, EUA, v. 29, p. 319-336, 2008.

ORTIZ, L. C. Ferramentas alternativas para monitoramento e mapeamento automatizado do conhecimento. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 31, n. 3, p. 66-76, 2002.

PARREIRAS, F. S. et al. Rede CI: colaboração e produção científica em ciência da informação no Brasil. Perspectivas em Ciência da Informação, Minas Gerais, v. 11, n. 3, p. 302-317, 2006.

PERDIGÃO, L. Z.; NIYAMA, J. K.; SANTANA, C. M. Contabilidade, gestão e governança: análise de doze anos de publicação (1998 a 2009). Contabilidade, Gestão e Governança, Brasilia, DF, v. 13, n. 3, p. 3-16, 2010.

RAMOS-RODRÍGUEZ, A. R.; RUÍZ-NAVARRO, J. Changes in the intellectual structure of strategic management research: a bibliometric study of the strategic management journal, 1980-2000. Strategic Management Journal, EUA, v. 25, p. 981-1004, 2004.

RIBEIRO, H. C. M. Brazilian Business Review: um estudo sob a ótica da bibliometria e da rede social de 2004 a 2011. Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, Bahia, v. 2, n. 3, p. 86-104, 2012.

ROBERTSON, C. J. An analysis of 10 years of business ethics research in Strategic Management Journal: 19962005. Journal of Business Ethics, Houten, v. 80, p. 745-753, 2008.

ROSSONI, L.; HOCAYEN-DA-SILVA, A. J. Cooperação entre pesquisadores da área de administração da informação: evidências estruturais de fragmentação das relações no campo científico. Revista de Administração da USP, São Paulo, v. 43, n. 2, p. 138151, 2008.

ROSSONI, L.; HOCAYEN-DA-SILVA, A. J.; JÚNIOR, I. F. Aspectos estruturais da cooperação entre pesquisadores no campo de administração pública e gestão social: análise das redes entre instituições no Brasil. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 42, n. 6, p. 1041-1067, 2008.

VIEIRA, V. A. Antecedents and consequences of market orientation: a brazilian meta-analysis and an international mega-analysis. Brazilian Administration Review, Curitiba, v. 7, n. 1, p. 40-58, 2010.

VILLAS, M. V.; MACEDO-SOARES, T. D. L. Van A. de; RUSSO, G. M. Bibliographical research method for business administration studies: a model based on scientific journal ranking. Brazilian Administration Review, Curitiba, v. 5, n. 2, p. 139-159, 2008.

WASSERMAN, S.; FAUST, K. Social network analysis: methods and applications. EUA: Cambridge Cambridge University Press, 1994.