Características da estrutura de salários e satisfação salarial em instituições de pesquisa

ID:
19320
Autores:
Resumo:
Este trabalho tem por objetivo contribuir para a identificação e análise da satisfação salarial de pesquisadores atuando em Instituições de Pesquisa no Estado de São Paulo. Resultado de uma pesquisa concluída em 1979, acha-se dividido em duas partes. Na primeira, procurou-se avaliar o estágio de desenvolvimento da teoria de satisfação salarial e apresentar o modelo conceitual que associa esta variável às características da estrutura de salários, definidas como diferentes graus de objetividade, flexibilidade, formalização, comunicação, equilíbrio interno e equilíbrio externo. Na segunda, são descritas e analisadas as informações coletadas através da pesquisa de campo envolvendo 310 pesquisadores em 12 instituições ligadas tanto à administração direta, como a empresas de economia mista e particulares. Estas análises representam a evidência empírica para as recomendações feitas aos responsáveis pela administração salarial das Instituições como subsídios para o planejamento e alterações das estruturas de salários, caso a satisfação associada ao pagamento venha a se constituir em um dos pontos chaves a ser obtido.
Citação ABNT:
CODA, R.Características da estrutura de salários e satisfação salarial em instituições de pesquisa. RAUSP Management Journal, v. 16, n. 3, p. 16-30, 1981.
Citação APA:
Coda, R.(1981). Características da estrutura de salários e satisfação salarial em instituições de pesquisa. RAUSP Management Journal, 16(3), 16-30.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/19320/caracteristicas-da-estrutura-de-salarios-e-satisfacao-salarial-em-instituicoes-de-pesquisa/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português