Construção de um modelo explicativo dos fatores influentes no comportamento de adesão-resistência Outros Idiomas

ID:
19455
Autores:
Resumo:
Em relação às mudanças do ambiente as organizações podem assumir comportamentos tradicionais, transicionais ou pró-ativos. Esses três comportamentos organizacionais têm implicações interativas com as pessoas pertencentes à organização e, conseqüentemente, requerem conhecimentos sobre a adesão-resistência. O comportamento de adesão-resistência pode ser do grupo ou do indivíduo. O comportamento do indivíduo é o resultado exteriorizado de um balanceamento de fatores pessoais e fatores circunstanciais. Os fatores pessoais podem ser considerados na profundidade das personalidades individuais ou então no nível dos estados mais ou menos estáveis em que a pessoa se encontra na hierarquia das necessidades humanas. Os fatores circunstanciais são forças do sistema social que operam dentro do indivíduo. Indiretamente ainda influem a natureza e a configuração da inovação, o tempo ou o momento, o líder, o grupo e as percepções. Desse modo, o modelo explicativo proposto apresenta o comportamento resultante variando dentro de um espectro de adesão-resistência.
Citação ABNT:
TSUJI, T.Construção de um modelo explicativo dos fatores influentes no comportamento de adesão-resistência. RAUSP Management Journal, v. 13, n. 4, p. 56-77, 1978.
Citação APA:
Tsuji, T.(1978). Construção de um modelo explicativo dos fatores influentes no comportamento de adesão-resistência. RAUSP Management Journal, 13(4), 56-77.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/19455/construcao-de-um-modelo-explicativo-dos-fatores-influentes-no-comportamento-de-adesao-resistencia/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português