Influência da garantia institucional sobre o risco de crédito

ID:
20304
Resumo:
O presente artigo discute a análise do crédito ao consumidor sob os aspectos pessoais - caráter e capacidade -, passando pelos demais “cs” do crédito – capital, condições e colateral - como complemento da análise. Com base em uma pesquisa de campo, buscou-se identificar fatores que justifiquem um tratamento diferenciado para consumidores que dispõem de garantias institucionais. Este tratamento diferenciado poderia ser materializado por taxas de juros menores ou linhas de crédito mais atraentes para o cliente de menor risco. Trata-se de uma pesquisa sob a ótica do tomador de recursos que, invariavelmente, vai de encontro ao interesses das instituições financeiras. A política de crédito das instituições financeiras deve ser estabelecida de forma a recompensar, também, a garantia institucional, na medida em que esta concorre para a redução do risco de crédito. Admitindo-se que há uma relação direta entre a taxa de juro e risco de crédito, pode-se inferir que quanto menor o risco menor a taxa de juro, portanto, a recompensa esperada pelo menor risco é aplicação de uma taxa menor.
Citação ABNT:
NASCIMENTO, M. A.Influência da garantia institucional sobre o risco de crédito. Contabilidade, Gestão e Governança, v. 4, n. 2, p. 43-68, 2001.
Citação APA:
Nascimento, M. A.(2001). Influência da garantia institucional sobre o risco de crédito. Contabilidade, Gestão e Governança, 4(2), 43-68.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/20304/influencia-da-garantia-institucional-sobre-o-risco-de-credito/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português