Valor econômico, fluxo de caixa e contabilidade pelos princípios contábeis convergências e distorções na sinalização de informações

ID:
20348
Autores:
Resumo:
O resultado econômico de uma entidade deve ser Igual ao resultado apurado pelo fluxo de caixa. O fluxo de caixa e conceito de movimentacao monetária, enquanto que resultado econômico e conceito de consumo de recursos. Ross (1995:2) diz que "o valor econômico dos ativos está intimamente ligado aos seus fluxos incrementais futuros Por sua vez, a Contabilidade, no dia-a-dia das organizações, levando em conta os princípios contábeis, deveria espelhar o mesmo resultado econômico Sabe-se que, a curto prazo, diferenças temporais, ditas diferenças de timing, podem-se verificar mas, no Longo prazo, elas deveriam se compensar. Toda a sustentação das analises contábeis e financeiras baseia-se nesta assertiva, a qual foi objeto de demonstração por parse de vários estudiosos, tais como Preinreich (1938) e Peasnell (1982). Na verdade, pesquisas sobre o relacionamento entre o resultado de acordo com os princípios contábeis e o fluxo de caixa, de alguma maneira, tem sido tratado também por Modigllani (1961) , Solomons (1961), Feltham e Ohlson (1995), dentre vários.
Citação ABNT:
FREZATTI, F.Valor econômico, fluxo de caixa e contabilidade pelos princípios contábeis convergências e distorções na sinalização de informações. Contabilidade, Gestão e Governança, v. 2, n. 2, p. 83-103, 1999.
Citação APA:
Frezatti, F.(1999). Valor econômico, fluxo de caixa e contabilidade pelos princípios contábeis convergências e distorções na sinalização de informações. Contabilidade, Gestão e Governança, 2(2), 83-103.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/20348/valor-economico--fluxo-de-caixa-e-contabilidade-pelos-principios-contabeis-convergencias-e-distorcoes-na-sinalizacao-de-informacoes/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português