Avaliação comparativa do escopo descritivo e explanatório dos principais modelos de internacionalização de empresas

ID:
21348
Resumo:
Este artigo aborda seis teorias consagradas sobre internacionalização - Teoria do Poder de Mercado, Teoria da Internalização, Paradigma Eclético, Modelo de Uppsala, Perspectiva de Networks e Empreendedorismo Internacional - e sua contribuição para responder cinco questões básicas: por que, o quê, quando, onde e como as empresas internacionalizam (suas atividades). Não são revistas as limitações conceituais e metodológicas de cada teoria, já exploradas pela literatura existente na área. Optou-se pela adoção de uma perspectiva comparativa, que aponta as limitações descritivas e explanatórias das teorias consideradas em relação às questões analisadas. Sugere-se que uma nova teoria geral ou teorias específicas seriam necessárias para lidar com a crescente complexidade e variabilidade dos processos de internacionalização das empresas, que não são adequadamente descritos ou explicados por nenhuma das teorias aqui analisadas.
Citação ABNT:
CARNEIRO, J.; DIB, L. A. Avaliação comparativa do escopo descritivo e explanatório dos principais modelos de internacionalização de empresas. InternexT - Revista Eletrônica de Negócios Internacionais da ESPM, v. 2, n. 1, p. 1-25, 2007.
Citação APA:
Carneiro, J., & Dib, L. A. (2007). Avaliação comparativa do escopo descritivo e explanatório dos principais modelos de internacionalização de empresas. InternexT - Revista Eletrônica de Negócios Internacionais da ESPM, 2(1), 1-25.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/21348/avaliacao-comparativa-do-escopo-descritivo-e-explanatorio-dos-principais-modelos-de-internacionalizacao-de-empresas/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português