A concentração do controle acionário e a política de dividendos das empresas listadas na Bovespa: uma abordagem exploratória à luz da teoria de agência Outros Idiomas

ID:
21592
Resumo:
Este artigo busca, sob a perspectiva da Teoria de Agência e a partir de revisão bibliográfica, pesquisa empírica exploratória e investigações analíticas, verificar se a composição acionária das empresas brasileiras com ações negociadas na Bovespa, tem relação com a política de dividendos por elas adotada. Os resultados obtidos, por meio de testes estatísticos, sugerem a não rejeição da hipótese (H0) elaborada neste trabalho. Verificou-se que um aumento na concentração acionária provoca um aumento no valor dos dividendos pagos por ação (ON), entretanto, há uma expectativa de que aquele aumento provoque uma diminuição significativa no percentual do payout. Portanto, constatam-se indícios de que a composição acionária das empresas brasileiras possa explicar, em partes, a política de dividendos por elas adotada. Vale ressaltar que outros fatores podem influenciar os resultados empíricos como, por exemplo, a regulamentação brasileira sobre a política de dividendos e juros sobre o capital próprio, que não foram consideradas como variáveis neste trabalho.
Citação ABNT:
DALMÁCIO, F. Z.; CORRAR, L. J. A concentração do controle acionário e a política de dividendos das empresas listadas na Bovespa: uma abordagem exploratória à luz da teoria de agência. Revista de Contabilidade e Organizações, v. 1, n. 1, p. 16-29, 2007.
Citação APA:
Dalmácio, F. Z., & Corrar, L. J. (2007). A concentração do controle acionário e a política de dividendos das empresas listadas na Bovespa: uma abordagem exploratória à luz da teoria de agência. Revista de Contabilidade e Organizações, 1(1), 16-29.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/21592/a-concentracao-do-controle-acionario-e-a-politica-de-dividendos-das-empresas-listadas-na-bovespa--uma-abordagem-exploratoria-a-luz-da-teoria-de-agencia/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português