Avaliação de competitividade em destinos turísticos sob a ótica dos stakeholders: aplicação do modelo de Dwyer e Kim (2001, 2003)

ID:
21933
Resumo:
A competitividade tem muitas definições, e para determiná-la no contexto de um destino turístico (atratividade) é preciso considerar dimensões, variáveis e indicadores para que se possa mensurá-la com maior exatidão. Nesse sentido, este estudo teve por objetivo analisar os elementos de competitividade das destinações turísticas de Santana do Livramento e Uruguaiana a partir do modelo de Dwyer e Kim (2001, 2003). O modelo eleito proposto por Dwyer e Kim (2001) é composto por sete variáveis. O estudo teve caráter exploratório, descritivo e conclusivo, e consistiu em um estudo comparativo realizado em duas etapas: uma exploratória e outra descritiva-conclusiva. A primeira parte teve a finalidade de identificar quais eram os stakeholders turísticos mais relevantes para se tomar por base a aplicação do questionário (survey) na pesquisa conclusiva. Os stakeholders turísticos selecionados para este estudo foram os hotéis, os restaurantes e o comércio, sendo o questionário aplicado a 192 respondentes entre as duas cidades. Os dados foram tratados com instrumental estatístico descritivo e inferencial, utilizando-se da análise univariada e multivariada (análise fatorial dos componentes principais e análise discriminante). Os resultados evidenciaram que, apesar das semelhanças, as cidades são competitivas distintivamente, ou seja, uma valoriza aspectos de forma positiva que a outra não percebe dessa forma. Uruguaiana destacou-se com médias mais altas, e desvios-padrão igualmente, no quadrante dos recursos (herdados e criados), enquanto Santana do Livramento obteve resultados mais afirmativos nos recursos de apoio e gestão do destino.
Citação ABNT:
VIEIRA, E. V.; HOFFMANN, V. E. Avaliação de competitividade em destinos turísticos sob a ótica dos stakeholders: aplicação do modelo de Dwyer e Kim (2001, 2003). Turismo: Visão e Ação, v. 9, n. 3, p. 409-409, 2007.
Citação APA:
Vieira, E. V., & Hoffmann, V. E. (2007). Avaliação de competitividade em destinos turísticos sob a ótica dos stakeholders: aplicação do modelo de Dwyer e Kim (2001, 2003). Turismo: Visão e Ação, 9(3), 409-409.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/21933/avaliacao-de-competitividade-em-destinos-turisticos-sob-a-otica-dos-stakeholders--aplicacao-do-modelo-de-dwyer-e-kim--2001--2003-/i/pt-br
Tipo de documento:
Resumo de Teses ou Dissertações
Idioma:
Português