O futuro da burocracia

ID:
23535
Autores:
Resumo:
Recentemente AMITAIETZIONIeditou um reading) para que os estu- diosos de Organização Moderna pudessem acompanhar os ulteriores desenvolvimentos da teoria nesse campo e que constituísse, de certa forma, uma continuação do seu sintético e já clássico livro Organizações Modernas, publicado inicialmente em 1964. A leitura dessa proveitosa antologia e a reflexão sôbre ela me estimularam a escolher quatro entre as 28 contribuições, ligá-las a um tema comum e reorganizá-las na forma dêste comentário, que, já o título indica, vai apresentar as possíveis implicações futuras das atuais contradições dentro da sociedade e dentro das organizações. Esta escolha não pretende, por outro lado, desmerecer as outras 23 contribuições. Aí se encontram desde os representantes da Escola Clássica - (o histórico trecho em que WEBER analisa as características da burocracia), os da Escola de Relações Humanas (os repetidíssimos estudos de HOMANS sôbre Hawthorne e de DALTON sôbre a Organização Informal) - até a maioria de estruturalistas como BENSMAN, ROSENBERG, BLAU e SCOTT, ZALD, HAGBURG e COSER, que apresentam algo nôvo e inesgotado.
Citação ABNT:
LODI, J. B.O futuro da burocracia. Revista de Administração de Empresas, v. 10, n. 2, p. 177-187, 1970.
Citação APA:
Lodi, J. B.(1970). O futuro da burocracia. Revista de Administração de Empresas, 10(2), 177-187.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/23535/o-futuro-da-burocracia/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português