Os canais de participação popular na gestão social: um estudo de caso na política nacional de qualificação Outros Idiomas

ID:
23797
Periódico:
Resumo:
Este trabalho teve como objetivo entender como se dá a discussão dentro de uma CME e verificar a presença de canais de participação. O método escolhido foi o estudo de caso. Os dados foram coletados por meio de entrevista com 6 membros da comissão e tratados pela análise de discurso. Quanto à discussão interna, não há um funcionamento adequado da CME estudada; há uma concentração de poder de decisão na bancada do setor público; não existe um planejamento de trabalho e há muitas divergências entre os representantes. Com relação aos canais de participação pode-se dizer que não houve uma discussão inicial para definir quem representaria cada bancada. Mesmo depois da definição dos membros percebe-se a inexistência dos canais de participação.
Citação ABNT:
FARIA, V. M.; MONTEIRO, M. G. Os canais de participação popular na gestão social: um estudo de caso na política nacional de qualificação. Revista Alcance, v. 11, n. 3, p. 445-460, 2004.
Citação APA:
Faria, V. M., & Monteiro, M. G. (2004). Os canais de participação popular na gestão social: um estudo de caso na política nacional de qualificação. Revista Alcance, 11(3), 445-460.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/23797/os-canais-de-participacao-popular-na-gestao-social--um-estudo-de-caso-na-politica-nacional-de-qualificacao/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português