Liderança no contexto da nova administração pública: uma análise sob a perspectiva de gestores públicos de Minas Gerais e Rio de Janeiro Outros Idiomas

ID:
2385
Resumo:
Novas incursões orientadas à modernização do estado, centradas na adoção de modelos de gestão pública que visam enfatizar a noção de resultado, assim como de instrumentos gerenciais típicos do management, leadership e do mundo corporativo vêm caracterizando a gestão pública brasileira. Nessa perspectiva, há de se salientar iniciativas como as dos estados de Minas Gerais, por meio de seu programa de choque de gestão, e do Rio de Janeiro. Tendo por base tais movimentos e experiências, novas questões emergem e demandam ser melhor compreendidas. A partir da análise de relações entre iniciativas associadas ao movimento em torno da chamada nova administração pública e o construto liderança, este trabalho tem como propósito central investigar, a partir de levantamento empírico de dados realizado junto a ocupantes de posições chave no setor público dos governos de Minas Gerais e Rio de Janeiro, temas, questões e desafios que emergem de tais iniciativas, assim como suas implicações sobre a demanda por novos perfis de liderança e formas de seu desenvolvimento. Com o auxílio do software de tratamento qualitativo NVivo 8 foi possível agrupar os principais temas e desafios identificados em torno das relações entre nova administração pública e liderança. O estudo permitiu, também, identificar um elenco de atributos de competências requeridas ao gestor e líder do setor público.
Citação ABNT:
OLIVEIRA, F. B.; SANT'ANNA, A. S.; VAZ, S. L. Liderança no contexto da nova administração pública: uma análise sob a perspectiva de gestores públicos de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Revista de Administração Pública, v. 44, n. 6, p. 1453-1475, 2010.
Citação APA:
Oliveira, F. B., Sant'anna, A. S., & Vaz, S. L. (2010). Liderança no contexto da nova administração pública: uma análise sob a perspectiva de gestores públicos de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Revista de Administração Pública, 44(6), 1453-1475.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/2385/lideranca-no-contexto-da-nova-administracao-publica--uma-analise-sob-a-perspectiva-de-gestores-publicos-de-minas-gerais-e-rio-de-janeiro/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BRESSER PEREIRA, L. C. Da administração pública burocrática à gerencial. Revista do Serviço Público, v. 120, n. 1, p. 7-41, jan./abr. 1996.

BRESSER PEREIRA, L. C. Estratégia e estrutura para um novo Estado. Revista do Serviço Público, v. 124, n. 1, p. 5-25, jan./abr. 1997.

FAORO, R. Os donos do poder. São Paulo: Atlas, 1964.

FISCHER, T. Gestão do desenvolvimento e poderes locais: marcos teóricos e avaliação. Salvador: Casa da Qualidade, 2002.

FLICK, U. Introdução à pesquisa qualitativa. Porto Alegre: Artmed, 2009.

FLICK, Uwe. Introdução à pesquisa qualitativa. Porto Alegre: Artmed, 2009.

FONSECA, Francisco César P. O curso de Administração Pública. FGV/81: percurso, sugestões e dilemas. Relatório de pesquisa 05. São Paulo: Eaesp/FGV, 2008.

GOFFEE, E.; JONES, G. Why should anyone be led by you? Harvard Business Review, p. 63-70, 2000.

HOOIJBERG, R.; CHOI, J. The impact of organizational characteristics on leadership effectiveness models: An examination of leadership in a private and a public sector organization. Administration & Society, v. 33, p. 403-431, 2001.

LIPIETZ, A. Miragens e milagres: problemas da industrialização no terceiro mundo. São Paulo: Nobel, 1985.

MARTINS, H. F. Burocracia e a revolução gerencial: a persistência da dicotomia entre política e administração. Revista do Serviço Público, Brasília, v. 48, n. 1, p. 43-79, 1997.

MILES, M. B.; HUBERMAN, A. M. Qualitative data analysis. Cambridge: Cambridge University Press, 1994.

MOTTA, P. R. A modernização da administração pública brasileira nos últimos 40 anos. Revista de Administração Pública,Rio de Janeiro, p. 87-96, 2007.

PABLO, A. L. et al. Identifying, enabling and managing cynamic capabilities in the public sector. Journal of Management Studies, v. 44, n. 5, p. 687-708, 2007.

SARAIVA SILVA, L. A. Cultura organizacional em ambiente burocrático. RAC: Revista de Administração Contemporânea, n. 6, p. 187-207, 2002.

SCHEIN, E. Organizational culture and leadership. New York: Jossey & Bass, 1992.

SILVA, C. E. S. Autonomia de gestão e concorrência: em busca de novas formas de gestão do setor público em um contexto pós-fordista. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro: v. 28, n. 3, p. 211-228, out./dez. 1994.

TERRY, L. D. Administrative leadership, neo-managerialism, and the public management movement. Public Administration Review, v. 58, n. 3, p. 194-200, 1998.

VAN WART, M. Public sector leadership theory: an assessment. Public Administration Review, v. 63, n. 2, p. 214-228, 2003.