Mitos e realidades sobre a difusão do comércio eletrônico nas empresas brasileiras Outros Idiomas

ID:
24007
Resumo:
A difusão das tecnologias da informação, e mais recentemente da Internet vem gerando expectativas de transformações radicais na forma de funcionamento da economia mundial. Três hipóteses particularmente importantes pela sua abrangência são destacadas na literatura especializada e serão discutidas neste artigo com base em pesquisas empíricas sobre a difusão do comércio eletrônico conduzidas pelo projeto Globalization and Electronic Commerce, coordenado pela Universidade da Califórnia, Irvine. A primeira é que o processo de difusão do comércio eletrônico está bidirecionalmente associado ao processo de globalização. A segunda é que haveria uma "nova economia" baseada nas novas empresas intensivas em informação. A terceira hipótese analisada é que o comércio eletrônico reduz as desvantagens estruturais das micro e pequenas empresas, graças a seus impactos informacionais e espaciais. Com base em entrevistas com 200 empresas, a pesquisa revela que, pelo menos no caso do Brasil, tais hipóteses não estão se confirmando e que apesar da inegável importância do comércio eletrônico, a tecnologia não determina a estrutura da indústria nem modifica estratégias de globalização. Por outro lado, o artigo confirma que comércio eletrônico é uma importante ferramenta para ajudar empresas e países a desenvolverem trajetórias econômicas preexistentes.
Citação ABNT:
TIGRE, P. B.; DEDRICK, J. Mitos e realidades sobre a difusão do comércio eletrônico nas empresas brasileiras. Revista Brasileira de Inovação, v. 2, n. 2, p. 377-405, 2003.
Citação APA:
Tigre, P. B., & Dedrick, J. (2003). Mitos e realidades sobre a difusão do comércio eletrônico nas empresas brasileiras. Revista Brasileira de Inovação, 2(2), 377-405.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/24007/mitos-e-realidades-sobre-a-difusao-do-comercio-eletronico-nas-empresas-brasileiras/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português