A relevância da gestão financeira de curto prazo

ID:
25156
Resumo:
O índice de insucesso das empresas brasileiras é muito elevado. As empresas de pequeno porte constituem a maioria das empresas que são extintas. Segundo estimativas do SEBRAE, em Minas Gerais, 36% das empresas fecham as portas após um ano de atividade e 47% com até dois anos. Esses dados referem-se apenas às empresas formalmente constituídas. Caso fossem contabilizadas as empresas informais, os índices de insucesso das empresas seriam ainda maiores. Durante o primeiro ano de vida, as empresas consideram a falta de capital de giro como a principal dificuldade enfrentada. Esses dados revelam como é fundamental para a sobrevivência das empresas de pequeno porte uma gestão financeira de curto prazo adequada. Os objetivos centrais deste artigo são: discutir a importância da gestão financeira de curto prazo, abordar os principais instrumentos de gestão financeira e tratar das limitações da análise financeira. Uma vez que as empresas de pequeno porte são mais suscetíveis ao insucesso, torna-se vital a essas empresas, a adoção de gestões financeiras adequadas. O artigo é essencialmente teórico e se baseia nos trabalhos de diversos autores de finanças.
Citação ABNT:
OLIVEIRA, A. F. C. S.; PEREIRA FILHO, A. D.; AMARAL, H. F. A relevância da gestão financeira de curto prazo. Contabilidade Vista & Revista, v. 12, n. 3, p. 35-50, 2001.
Citação APA:
Oliveira, A. F. C. S., Pereira Filho, A. D., & Amaral, H. F. (2001). A relevância da gestão financeira de curto prazo. Contabilidade Vista & Revista, 12(3), 35-50.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/25156/a-relevancia-da-gestao-financeira-de-curto-prazo/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português