A verdadeira participação nos lucros

ID:
25351
Resumo:
A participação nos lucros, assunto discutido há mais de dois séculos, volta presentemente a preocupar os que se interessam pela solução da Questão Social. Contribuíram grandemente para isso as palavras do Papa JOÃO XXIII na encíclica Mater et Magistra, nº 73 e 74: "A esse propósito convém recordar o princípio exposto pelo nosso predecessor Pio XI na encíclica Quadragésimo Anno: "É completamente falso atribuir só ao capital ou só ao trabalho aquilo que se obtém com a ação conjunta dum e doutro; e é também de todo injusto que um dêles, negando a eficácia da contribuição do outro, se arrogue somente a si tudo o que se realiza." "Essa exigência de justiça pode satisfazer-se de diversas maneiras que a experiência sugere. Uma delas, e das mais desejáveis, consiste em fazer que os trabalhadores possam chegar a participar na propriedade das emprêsas, da forma e no grau mais convenientes. Pois nos nossos dias, mais ainda que nos tempos do nosso predecessor, é necessário procurar com todo o empenho que, para o futuro, os capitais ganhos não se acumulem nas mãos dos ricos senão na justa medida, e se distribuam com certa abundância entre os operários." A referência acima bastaria para demonstrar a importância do assunto. Entretanto, o próprio fato de dêle se haver cogitado durante mais de dois séculos evidencia igualmente a sua relevância.
Citação ABNT:
CESARINO JÚNIOR, A. F.A verdadeira participação nos lucros. Revista de Administração de Empresas, v. 5, n. 14, p. 27-72, 1965.
Citação APA:
Cesarino Júnior, A. F.(1965). A verdadeira participação nos lucros. Revista de Administração de Empresas, 5(14), 27-72.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/25351/a-verdadeira-participacao-nos-lucros/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português