Condições de trabalho e saúde do professor universitário: estudo de caso de uma IFES Outros Idiomas

ID:
2544
Resumo:
O estudo das relações entre o processo de trabalho docente, as condições sob as quais elese desenvolve e o possível adoecimento físico e mental dos/as professores/as configuram um desafioe uma necessidade para se entender o processo saúde-doença do trabalhor docente. O presenteartigo apresenta resultados parciais de pesquisa cujo objetivo foi o de levantar as condições detrabalho e de saúde de professores/as de uma IFES. Os dados foram coletados através de um questionáriorespondido por 189 professores/as efetivos, lotados no campus de Campo Grande, MS. Osresultados mostram que na atividade docente da amostra investigada destacam-se diversos estressorespsicossociais, alguns relacionados ao contexto institucional e social onde estas são exercidas, quepodem levar ao desencadeamento da Síndrome de Bournout.
Citação ABNT:
LIMA, M. F. E. M.Condições de trabalho e saúde do professor universitário: estudo de caso de uma IFES. Desafio: Revista de Economia e Administração (continua como Desafio Online), v. 11, n. 23, p. 25-35, 2010.
Citação APA:
Lima, M. F. E. M.(2010). Condições de trabalho e saúde do professor universitário: estudo de caso de uma IFES. Desafio: Revista de Economia e Administração (continua como Desafio Online), 11(23), 25-35.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/2544/condicoes-de-trabalho-e-saude-do-professor-universitario--estudo-de-caso-de-uma--ifes/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ARAÚJO, T. M. et al. Mal-estar docente: avaliação de condições de trabalho e saúde em uma instituição de ensino superior. Feira de Santana: Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), 2003.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BORSOI, Izabel C. F. A saúde da mulher trabalhadora. In: CODO, W; SAMPAIO, J. J. C. Sofrimento psíquico nas organizações: saúde mental e trabalho. Petrópolis: Vozes, 1995, p. 115-138.

CARLOTTO, Mary Sandra. A síndrome de burnout e o trabalho docente. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 7, n.1 jan./jun.2002, p. 21-29.

CARVALHO, H. T. T. K. Professora primária: amor de dor. In: CODO, W; SAMPAIO, J. J. C. Sofrimento psíquico nas organizações: saúde mental e trabalho. Petrópolis: Vozes, 1995, p. 127-138.

CORAGGIO, J. L. Propostas do Banco Mundial para a educação: sentido oculto ou problemas de concepção. In: TOMMASI, L. D; WARDE, M. J; HADDAD, S. O Banco Mundial e as políticas educacionais. São Paulo: Cortez, 2000, p. 75-193.

DEJOURS, C. A carga psíquica do trabalho. In: BETIOL, M. I. S. (org.). Psicodinâmica do trabalho: contribuições da escola dejouriana à análise da relação prazer, sofrimento e trabalho. São Paulo: Atlas, 1994, p. 21-32).

DURHAM, E. R.; SAMPAIO, H. O setor privado de ensino superior na América Latina. Cadernos de Pesquisa, n. 110, julho 2000, p. 7-37.

ESTEVE, José Manuel. O mal-estar docente: a sala de aula e a saúde dos professores. São Paulo: Editora da Universidade do Sagrado Coração, 1999.

GASPARIN, S. M.; BARRETO, S. M.; ASSUNÇÃO, A. A. O professor, as condições de trabalho e os efeitos sobre sua saúde. Educação e Pesquisa, v. 31, n. 2, mai/ago, 2005.

LEITE, D. R.; FIGUEIREDO, A. M.; SÓL, N. A. A. Saúde e condições de trabalho dos docentes na Universidade Federal de Ouro Preto. Ouro Preto: UFOP, 2003.

LEONTIEV, A. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Novo Horizonte, 1974.

LIMA, M. F. E. M. A demanda e escolha das mães por educação infantil: um novo tema para o estudo da educação infantil. São Paulo: PUC-SP [Tese de doutorado em psicologia social].

ROCHA, Kátia Bonés; SARRIERA, Jorge Castellá. Saúde percebida em professores universitários: gênero, religião e condições de trabalho. Revista Semestral da Associação de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE), v. 10, n. 2, jul/dez 2006, p. 187-196.

SAMPAIO, J. J. C. CODO, W.; HITOMI, A. H. Saúde mental e trabalho: um modelo de investigação. In: CODO, W.; SAMPAIO, J. J. S. Sofrimento psíquico nas organizações: saúde mental e trabalho. Petrópolis: Vozes, 1995, p.85-109.

SAMPAIO, J. J. C.; HITOMI, A. H.; RUIZ, E. M. Saúde e trabalho: uma abordagem do processo e jornada de trabalho. In: CODO, W.; SAMPAIO, J. J. C. Sofrimento psíquico nas organizações: saúde mental e trabalho. Petrópolis: Vozes, 1995, p. 65-84.

SAWAIA, Bader B. Identidade: uma ideologia separatista? In: SAWAIA, Bader (org.). As artimanhas da exclusão: análise psicossocial e ética da desigualdade social. Petrópolis: Vozes, 2004.

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1984.

WITTER, G. P. Professor-estresse: análise de produção científica. Psicologia Escolar e Educacional, v. 7, n. 1, jun, 2003, p. 1-16.