Consideraciones en torno a la capacidad ociosa: el tratamiento de los costes de la subactividad en la normativa contable actual Outros Idiomas

ID:
26130
Resumo:
O conhecimento dos custos da subatividade e sua correta determinação são questões controvertidas para a contabilidade de gestão, especialmente devido a substancial relatividade da natureza desses custos. As normas contábeis, tanto a espanhola como a européia, sobre a consideração dos custos a incluir na valorização dos inventários, se refere aos custos da subatividade e da capacidade produtiva, imprescindíveis para referenciá-los, de forma simples e pouco clara. Este é o motivo pelo qual no presente trabalho, uma vez configurada a noção de subatividade, bem como definidas e descritas as principais alternativas sobre a consideração da capacidade técnica de produção, especula-se em torno de qual possa ser, nesse caso, a referência sobre a qual se deve mensurar a capacidade ociosa e o custo da subatividade a ela associado.
Citação ABNT:
CAPARRÓS, M. J. M.; HERRERA, F. P. Consideraciones en torno a la capacidad ociosa: el tratamiento de los costes de la subactividad en la normativa contable actual. Revista Universo Contábil, v. 1, n. 1, p. 86-100, 2005.
Citação APA:
Caparrós, M. J. M., & Herrera, F. P. (2005). Consideraciones en torno a la capacidad ociosa: el tratamiento de los costes de la subactividad en la normativa contable actual. Revista Universo Contábil, 1(1), 86-100.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/26130/consideraciones-en-torno-a-la-capacidad-ociosa--el-tratamiento-de-los-costes-de-la-subactividad-en-la-normativa-contable-actual/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português