Sistema Kanban para fábrica de tintas Outros Idiomas

ID:
26314
Resumo:
Neste trabalho apresenta-se um estudo de caso de projeto e implementação de um sistema kanban em uma fábrica de tintas. Trata-se de um sistema de produção contínua, situação que oferece duas dificuldades ao projeto de sistema kanban. A primeira surge da determinação do número de kanbans no sistema (isto é, determinação do lote de fabricação). A fórmula consagrada pela Toyota para esse fim requer que se conheça o tempo de fabricação de uma caixa de produtos. Todavia, no caso em questão, o lote todo é concluído a um só tempo. A segunda dificuldade surge da impossibilidade de alterar o tamanho do lote durante sua fabricação. Nos sistemas de produção discreta (peças, por exemplo), como o propósito é evitar acumulação de estoque, é usual interromper a produção de um item assim que todas as caixas vazias estejam reabastecidas. Para o caso em questão, se no início da fabricação de um item existirem kanbans em estoque, essa decisão torna-se difícil, caso se deseje evitar falta ou excesso de estoque no sistema. O trabalho apresenta uma proposta para lidar com essas duas dificuldades.
Citação ABNT:
CONTADOR, J. L.; CONTADOR, J. C.; CARVALHO, M. F. H.; COSTA NETO, P. L. O. Sistema Kanban para fábrica de tintas. Revista de Administração e Inovação, v. 2, n. 1, p. 68-77, 2005.
Citação APA:
Contador, J. L., Contador, J. C., Carvalho, M. F. H., & Costa Neto, P. L. O. (2005). Sistema Kanban para fábrica de tintas. Revista de Administração e Inovação, 2(1), 68-77.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/26314/sistema-kanban-para-fabrica-de-tintas/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português