Análise dos indicadores e ações de organizações agroindustriais segundo as perspectivas do Balanced Scorecard Outros Idiomas

ID:
26419
Resumo:
Este trabalho busca identificar a utilização dos indicadores e ações referentes às perspectivas do Balanced Scorecard no âmbito das organizações agroindustriais paraibanas como instrumentos direcionadores de performance. A pesquisa envolveu um estudo empírico em 21 agroindústrias. O instrumento utilizado para a coleta de dados foi um questionário e, para a análise dos resultados, foram utilizados o coeficiente de correlação de Pearson e um modelo logit como método da análise. Foram investigadas as perspectivas: financeira, clientes, processos internos e aprendizagem e crescimento. Os indicadores que apresentaram coeficientes de correlação significativos foram: a geração do fluxo de caixa (financeiro); novas estratégias de preços (clientes); aumento da produtividade (processos internos); número de entregas com atraso e desperdício (aprendizagem e crescimento). As novas estratégias de preços obtiveram os melhores coeficientes de sensibilidade e especificidade e, quando associadas ao aumento da produtividade, melhoraram seu resultado como direcionadores de performance.
Citação ABNT:
CALLADO, A. L. C.; CALLADO, A. A. C.; ALMEIDA, M. A. Análise dos indicadores e ações de organizações agroindustriais segundo as perspectivas do Balanced Scorecard. Revista Universo Contábil, v. 3, n. 3, p. 38-53, 2007.
Citação APA:
Callado, A. L. C., Callado, A. A. C., & Almeida, M. A. (2007). Análise dos indicadores e ações de organizações agroindustriais segundo as perspectivas do Balanced Scorecard. Revista Universo Contábil, 3(3), 38-53.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/26419/analise-dos-indicadores-e-acoes-de-organizacoes-agroindustriais-segundo-as-perspectivas-do-balanced-scorecard/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português