O marketing ecológico como vantagem competitiva Outros Idiomas

ID:
27584
Periódico:
Resumo:
A competição entre as organizações existe basicamente porque um ou mais players atuais ou potenciais, de um determinado setor econômico, percebem a oportunidade de melhorar sua posição (ou estabelecê-la) ou se sentem pressionados por outro player, ou seja, os movimentos de uma empresa repercutem nas demais, numa relação de interdependência. Dessa forma, é constante a busca por alternativas que permitam o desenvolvimento empresarial. Este trabalho aponta um caminho que há algum tempo vem sendo percorrido por empresas, mas apenas nos últimos anos vem ganhando destaque nos meios de comunicação e na consciência dos indivíduos: a gerência de ações de marketing ecológico. A partir dos dados de uma pesquisa exploratória realizada na cidade de São Paulo e dos modelos de vantagem competitiva de Porter e de D´Aveni, pôde-se constatar que a prática de marketing ecológico pelas empresas pode constituir vantagem competitiva, não obstante o fato de esse fenômeno não ocorrer atualmente, pois tanto o conhecimento sobre as questões ambientais quanto as atitudes positivas em relação à preservação ambiental já estão presentes nos consumidores.
Citação ABNT:
MOTTA, S. L. S.; OLIVEIRA, B. O marketing ecológico como vantagem competitiva. Revista de Gestão, v. 14, n. 2, p. 49-59, 2007.
Citação APA:
Motta, S. L. S., & Oliveira, B. (2007). O marketing ecológico como vantagem competitiva. Revista de Gestão, 14(2), 49-59.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/27584/o-marketing-ecologico-como-vantagem-competitiva/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português