Rentabilidade de empresas que utilizam o Balanced Scorecard (BSC) versus empresas que utilizam somente indicadores de desempenho financeiros Outros Idiomas

ID:
29418
Resumo:
O estudo objetiva verificar se há diferença de impacto na rentabilidade de empresas que utilizam indicadores de desempenho financeiros e não financeiros conforme proposto no Balanced Scorecard (BSC) e de empresas que somente utiliza mindicadores de desempenho financeiros. A população da pesquisa compreende as empresas listadas nas revistas Valor 1000 e Exame Maiores e Melhores, e, para a amostra, as empresas de capital aberto listadas nas duas revistas, correspondendo a169 empresas. Na sondagem realizada para saber se a empresa utiliza ou não o BSC, das 169 empresas contatadas, 65 responderam e 104 não responderam ao questionamento. Das 65 respondentes, 19 utilizam e 46 não utilizam o BSC. Os índices financeiros foram extraídos das demonstrações contábeis e os não financeiros dos relatórios da administração e notas explicativas. Foram selecionados três indicadores financeiros e, para as perspectivas não financeiras, no caso das empresas com BSC, por meio da análise de conteúdo, identificaram-se indicadores que caracterizam as perspectivas do cliente, processos internos e aprendizado e crescimento. Para análise dos resultados das empresas antes e após a implantação do BSC, hipóteses foram levantadas para os indicadores que apresentaram coeficiente de correlação mais expressivo. O teste única udal indicou maior correlação nos indicadores da perspectiva aprendizado e crescimento e menor nas perspectivas do cliente e processos internos. Ainda que as evidências não sejam plenas, conclui-se que há diferença na rentabilidade de empresas que utilizam indicadores de desempenho financeiros e não financeiros comparativamente as que somente utilizam indicadores de desempenho financeiros.
Citação ABNT:
ROCHA, I.; BEUREN, I. M.; HEIN, N. Rentabilidade de empresas que utilizam o Balanced Scorecard (BSC) versus empresas que utilizam somente indicadores de desempenho financeiros. Revista Eletrônica de Estratégia & Negócios, v. 5, n. 2, p. 88-119, 2012.
Citação APA:
Rocha, I., Beuren, I. M., & Hein, N. (2012). Rentabilidade de empresas que utilizam o Balanced Scorecard (BSC) versus empresas que utilizam somente indicadores de desempenho financeiros. Revista Eletrônica de Estratégia & Negócios, 5(2), 88-119.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/29418/rentabilidade-de-empresas-que-utilizam-o-balanced-scorecard--bsc--versus-empresas-que-utilizam-somente-indicadores-de-desempenho-financeiros/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BARBOSA JUNIOR, A. S.; LIBONATI J. J.; RODRIGUES, R. N. Balanced Scorecard: uma análise dos impactos de sua implantação em indicadores financeiros de empresas brasileiras. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 13. , 2006, Belo Horizonte/MG. Anais . . São Leopoldo: ABC, 2006.

BRYANT, L.; JONES, D. A.; WIDENER, S. K. Managing value creation within the firm: an examination of multiple performance measures. Journal of Manangement Accounting Research. n. 16, p. 107-131, 2004.

CAMPOS, J. A. M. Cenário balanceado: painel de indicadores para a gestão estratégica dos negócios. São Paulo: Aquariana, 1998.

CARVALHO, E. L. A relação do EVA (Economic Valude Added) e o valor das ações na Bolsa de Valores de São Paulo. 119f. Dissertação (Mestrado) – FEA/USP, 1999.

CEVEY, M. J.; RODRIGUES, L. H. Desenvolvimento de uma abordagem metodológica para construção de painel de controle executivo, utilizando os conceitos do Balanced Scorecard e a sistemática de indicadores da teoria das restrições: uma aplicação para atividade de operadoras de planos de saúde. In: CONGRESSO ANPCONT, 1. , 2007. Gramado. Anais . . Gramado: ANPCONT, 2007. CERETTA, P. S.; QUADROS, C. J. Sistemas de avaliação do desempenho empresarial. In: Congresso USP de Controladoria e Contabilidade, 3., 2003, São Paulo. Anais... São Paulo: FEA/USP, 2003. CD-ROM.

COSTA, S. F. Introdução ilustrada à estatística. 2. ed. São Paulo: Harbra, 1992.

EPSTEIN, M. J. The balanced scorecard and tableaux de board: translating strategy into action. Management Accounting, v. 79, n. 2, p. 28-37, 1997.

FARIA, A. C.; FERNANDES, F. C.; GUIMARÃES, V. M. Balanced Scorecard (BSC) na gestão pública: implementação na Prefeitura Municipal de Ipiranga (PR). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 25. , 2008, Curitiba. Anais... São Leopoldo: ABC, 2008. CDROM.

FERNANDES, B. H. R. Rastreando os direcionadores da performance organizacional: uma proposta metodológica. Caderno EBAPE. BR. v. 3, n. 1, mar. 2005.

GALAS, E. S. O Balanced Scorecard e o alinhamento estratégico da tecnologia da informação: um estudo de casos múltiplos. Revista Contabilidade & Finanças, n. 40, p. 37- 51, jan./abr. 2006.

GALAS, E. S.; PONTE, V. M. R. O Balanced Scorecard e o alinhamento organizacional: um estudo de casos múltiplos. In: EnANPAD, 29. , 2005. Brasília. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2005.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1999.

GOMES, L. C.; MULLER, C.; KLIEMANN NETO, F. Utilização do Balanced Scorecard (BSC) para avaliar a contribuição do Sistema Toyota de Produção (STP) à estratégia das empresas. In: ENENGEP, 2001, Salvador. Anais … Rio de Janeiro: ABEPRO, 2001.

GONZÁLEZ, P. G. La integración del Balanced Scorecard (BSC) y el Analytic Hierarchy Process (AHP) para efectos de jerarquizar medidas de desempeño y toma de decisión en una institución financiera. Revista Universo Contábil, v. 5, n. 2, p. 87-105, abr. /jun. 2009.

GREVE, J. T.; SALLES, J. A. A. A gestão de estratégias com o uso do Balanced Scorecard garante o alcance dos objetivos estratégicos? In: SIMPEP, 13. , 2006. Bauru. Anais . . Bauru: SIMPEP, 2006.

KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. The balanced scorecard: measures that drive performance. Harvard Business Review, v. 70, n. 1, p. 71-80, jan. /feb. 1992.

LEAL, J. B. S.; PEREIRA, N. A. P. Uso do Quality Function Deployment (QFD) na definição do peso das perspectivas e indicadores no Scorecard. In: ENEGEP, 27. , 2007, Foz do Iguaçu. Anais... Rio de Janeiro: ABEPRO, 2007.

LEMKE, C., Modelos de equações estruturais com ênfase em análise fatorial confirmatória no software AMOS. Monografia Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Instituto de Matemática, Departamento de Estatística, Porto Alegre, 2005.

LOURENZANI, W. L. A estratégia em ação: Balanced Scorecard. 24 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 1997.

LOURENZANI, W. L. Mapas estratégicos – Balanced Scorecard: convertendo ativos intangíveis em resultados tangíveis. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

LOURENZANI, W. L.; QUEIROZ, T. R.; SOUZA FILHO, H. M. Scorecard sistêmico: modelo de gestão para empreendimentos rurais familiares. Revista Organizações Rurais & Agroindustriais, v. 10, n. 1, p. 123-136, jan. /abr. 2008.

MACEDO, M. A. S.; BARBOSA, A. C. T. A. M.; CAVALCANTE, G. T. Avaliar o desempenho de 50 agências de um grande banco brasileiro, com base em dados do segundo semestre de 2006, aplicando DEA a seis indicadores que representam as perspectivas do BSC utilizadas por estas agências bancárias. In: CONGRESSO USP DE CONTROLADORIA E CONTABILIDADE, 8. , 2008. São Paulo. Anais... São Paulo: FEA/USP, 2008.

MIYASHITA, R.; SOARES, K. G. Mapa estratégico de responsabilidade social das empresas baseado no Balanced Scorecard. In: SIMPEP, 11. , 2004. Bauru. Anais. . São Paulo: SIMPEP, 2004.

NASCIMENTO, S.; REINA, D. R. M.; GALLON, A. V.; ENSSLIN, S. R.; SOUZA, J. V. Proposição de uma metodologia baseada no Balanced Scorecard para suporte à gestão estratégica de uma transportadora de carga fracionada. RGO. Revista de Gestão Organizacional (UNOCHAPECÓ), v. 1, p. 89-101, 2008.

PACE, E. S. U.; BASSO, L. F. C.; SILVA, M. A. Indicadores de desempenho como direcionadores de valor. RAC. Revista de Administração Contemporânea, v. 7 n. 1, p. 37-65, jan. /mar. 2003.

POPADIUK, S.; PEREIRA, F. P.; FRANKLIN, M. A.; MIYABARA, R. G. W. Arquitetura da informação e mensuração do desempenho: um estudo na indústria de artefatos e utensílios de plásticos no Estado de São Paulo. Gestão & Produção, v. 13, n. 1, p. 151-165, jan./abr. 2006.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

ROCHA, A. Aplicação do Balanced Scorecard em uma empresa de porte médio de soluções integrais em uniformização. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 9. , 2002. Curitiba. Anais... São Leopoldo: ABC, 2002. CD-ROM.

SANTOS, E. Z.; SANTOS, R. F.; SANTOS, N. M. B. F. Modelo de gestão estratégica para locadoras de automóveis uma proposta baseada no Balanced Scorecard. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 25. , 2008. Curitiba. Anais . . São Leopoldo: ABC, 2008. CD-ROM.

SILVA, G.; ARANTES, E. N.; HASHIMOTO, L. Indicadores de desempenho – Balanced Scorecard ou Prêmio Nacional da Qualidade? In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 25., 2008, Curitiba. Anais... São Leopoldo: ABC, 2008.

SIMONS, R. Performance measurement and control systems for implementing strategy: text and cases. New Jersey: Prentice-Hall. Inc, 2000

TEIXEIRA, A. J. C.; DALMÁRCIO, F. Z.; PINTO, P. A. V. P. O impacto do Balanced Scorecard nos relatórios financeiros da CST – Companhia Siderúrgica de Tubarão. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE CUSTOS, 9., 2005, Itapema/SC. Anais... São Leopoldo: ABC, 2005. CD-ROM.

ZORZI, A.; SANTOS, P. C. F.; BLASZKOWSKI, L.; VICENTINI, L. C.; ENSSLIN, S. R. Balanced Scorecard: alicerce de um modelo de gestão para uma entidade fechada de previdência complementar. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 13. , 2006, Belo Horizonte. Anais. . São Leopoldo: ABC, 2008.