Inovação e o desempenho empresarial: lucro ou crescimento? Outros Idiomas

ID:
29978
Periódico:
Resumo:
A inovação é considerada um fator fundamental para o desempenho das empresas. No entanto, as evidências empíricas não suportam consistentemente essa relação no nível da empresa. Neste trabalho, foram utilizados dados secundários da base Pintec do IBGE, que segue a definição de inovação da OECD. Esta métrica considera um amplo espectro de aspectos do processo inovativo. Uma amostra de empresas atuantes no setor químico brasileiro foi analisada por meio da técnica de regressão linear múltipla. Os resultados mostraram não haver relação significativa entre os indicadores de inovação e métricas de lucratividade. Por outro lado, foi encontrada uma relação positiva e estatisticamente significativa com o crescimento da receita líquida. A conclusão é de que o esforço inovador tende a afetar mais o crescimento do que a lucratividade. As descobertas tanto corroboram alguns estudos anteriores como se contrapõem a outros.
Citação ABNT:
BRITO, E. P. Z.; BRITO, L. A. L.; MORGANTI, F. Inovação e o desempenho empresarial: lucro ou crescimento?. RAE-eletrônica, v. 8, n. 1, art. 7, p. 1-24, 2009.
Citação APA:
Brito, E. P. Z., Brito, L. A. L., & Morganti, F. (2009). Inovação e o desempenho empresarial: lucro ou crescimento?. RAE-eletrônica, 8(1), 1-24.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/29978/inovacao-e-o-desempenho-empresarial--lucro-ou-crescimento-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português