Retórica organizacional: lógica, emoção e ética no processo de gestão Outros Idiomas

ID:
30329
Periódico:
Resumo:
Dentro de um cenário no qual as organizações modernas têm adotado estratégias de mudanças organizacionais e inovações contínuas, visando o aumento da competitividade, propomos a aplicação de elementos retóricos na gestão das organizações, como forma de dar conta da nova realidade organizacional, necessariamente mais dependente da cooperação, colaboração e participação ativa de seus membros. A retórica organizacional visa instrumentalizar o gestor com um método de articulação das dimensões humanas básicas e os objetivos organizacionais. Ampliando a retórica aristotélica do verbal para o não-verbal, estabelece a prática de analisar e adotar ações administrativas que equilibrem e tragam significados éticos, emocionais e lógicos do emissor organizacional ao seu público interno, constituindo-se numa metáfora em que as ações passam a ser vistas como argumentos retóricos necessários para atingir o consenso, ou, o acordo plausível sobre o objetivo. Estudo de caso levado a cabo sob essa perspectiva demonstrou a viabilidade da análise retórica.
Citação ABNT:
TORRES JUNIOR, A. S.Retórica organizacional: lógica, emoção e ética no processo de gestão. RAE-eletrônica, v. 1, n. 2, art. 13, p. 1-11, 2002.
Citação APA:
Torres Junior, A. S.(2002). Retórica organizacional: lógica, emoção e ética no processo de gestão. RAE-eletrônica, 1(2), 1-11.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/30329/retorica-organizacional--logica--emocao-e-etica-no-processo-de-gestao/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português