O discurso desenvolvimentista no segundo governo Getúlio Vargas Outros Idiomas

ID:
30820
Autores:
Resumo:
O objetivo deste artigo foi identificar os principais discursos que fundamentaram as estratégias ligadas ao desenvolvimento no Brasil, no início da década de 1950; assim como analisar os pontos de articulação entre esses discursos e as ideias ligadas ao desenvolvimento no último período do presidente Getúlio Vargas como presidente do Brasil. Assim direcionado e, através da analise de discurso, o texto busca compreensão sobre a articulação político-estratégica que propiciou a determinadas práticas discursivas adquirirem valorização e afetarem interesses, práticas e objetivos existentes à época. Ao final, identificou-se um discurso governamental apoiado, na época, por um lado, em premissas definidas em nível global e em defesa do processo de industrialização e, por outro, em ideias ligadas à redefinição do centro de decisão a partir da construção de uma situação de maior autonomia que seria consequência do próprio processo de industrialização.
Citação ABNT:
FAÉ, R.O discurso desenvolvimentista no segundo governo Getúlio Vargas. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração, v. 7, n. 2, p. 1-18, 2013.
Citação APA:
Faé, R.(2013). O discurso desenvolvimentista no segundo governo Getúlio Vargas. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração, 7(2), 1-18.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/30820/o-discurso-desenvolvimentista-no-segundo-governo-getulio-vargas/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BIELSCHOWSKY, Ricardo. Cinquenta Anos de Pensamento na CEPAL: Uma Resenha. In: BIELSCHOWSKY, Ricardo. Cinquenta Anos de Pensamento na CEPAL. v. 1. Rio de Janeiro: Record, 2000. p. 13-68.

BIRD. First Annual Report. Washington DC: BIRD, 1946. Disponível em . Acesso em 10mar2011.

CAMPOS, Roberto de Oliveira. A lanterna na popa. Rio de Janeiro: Topbooks, 2004.

CAMPOS, Roberto de Oliveira. Planejamento do Desenvolvimento Econômico de Países Subdesenvolvidos. Rio de Janeiro: FGV, 1954.

ESTEVA, Gustavo. Development. In: SACHS, Wolfgang. The Development Dictionary: A Guide to Knowledge as Power. 12ª ed. New York: Zed Books Ltd, 2007. p. 6-25.

FONSECA, Pedro Cezar Dutra. Gênese e precursores do desenvolvimentismo no Brasil. Revista Pesquisa & Debate, 15, 2(26), p. 225-256, 2004.

FONSECA, Pedro Cezar Dutra. Nacionalismo e Economia: O Segundo Governo Vargas. Disponível em . Acesso em 01jun2012.

FRANK. André Gunder. The Development of Underdevelopment. Monthy Review. New York, v.18, nº 4, p. 17-31, September/1966.

FURTADO, Celso. A Pré-Revolução Brasileira. Rio de janeiro: Fundo de Cultura: 1962.

FURTADO, Celso. Desenvolvimento e Subdesenvolvimento (1961). In: BIELSCHOWSKY, Ricardo (org). Cinquenta Anos de Pensamento na CEPAL. v. 1. Rio de Janeiro: Record, 2000. p. 239262.

FURTADO, Celso. Formação de Capital e Desenvolvimento Econômico (1954). In: AGAVARLA, A. N; SINGH, S. P. A Economia do Subdesenvolvimento. Rio de Janeiro: Forense, 1969. pp. 314341.

FURTADO, Celso. Formação Econômica do Brasil. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1959.

FURTADO, Celso. O Mito do Desenvolvimento Econômico. São Paulo: Paz e Terra, 1974.

GUDIN, Eugênio. Rumos de Política Econômica (1945). In: SIMONSEN, Roberto Cochrane;

HARDY, Cynthia; PALMER, Ian; PHILLIPS, Nelson. Discourse as a Strategic Resource. Human Relations. London, v.53, p. 1227-1248, 2000.

IBESP. Três etapas do comunismo brasileiro. [1954]. In: SCHWARTZMAN, Simon (org.). O pensamento nacionalista e os “cadernos de nosso tempo”. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1981. p. 7-20.

LEOPOLDI, Maria Antonieta P. O difícil caminho do meio: Estado, burguesia e industrialização no segundo governo Vargas (1951-1954). In: GOMES, Angela de Castro (org.). Vargas e a crise dos anos 50. Rio de Janeiro: Ponteio, 2011. p. 161-204.

LIMA, Hermes. Significação do nacionalismo. [1955]. In: SCHWARTZMAN, Simon (org.). O pensamento nacionalista e os “cadernos de nosso tempo”. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1981. p. 69-80.

LOPES, Carlos. Cooperação e Desenvolvimento Humano – A Agenda Emergente para o Novo Milênio. São Paulo: UNESP, 2005.

LÖWY, Michael. (org.). O marxismo na América Latina – uma antologia de 1909 aos dias atuais. 2ª ed. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2006.

MARINI, Ruy Mauro. Dialéctica de la Dependência. México: Ediciones Era, 1991. Disponível em . Acesso em 30abr2011.

PRADO JÚNIOR, Caio. História Econômica do Brasil. São Paulo: Brasiliense, 2008.

PRADO JÚNIOR, Caio. História e Desenvolvimento – A Contribuição da Historiografia para a Teoria e Prática do Desenvolvimento Brasileiro. São Paulo: Brasiliense, 1999.

PREBISCH, Raúl. O Desenvolvimento Econômico da América Latina e Alguns de seus Problemas Principais. (1949). In: BIELSCHOWSKY, Ricardo. Cinquenta Anos de Pensamento na CEPAL. v. 1. Rio de Janeiro: Record, 2000. p. 69-136.

PREBISCH, Raúl. Problemas Teóricos e Práticos do Crescimento Econômico. (1952). . In: BIELSCHOWSKY, Ricardo. Cinquenta Anos de Pensamento na CEPAL. v. 1. Rio de Janeiro: Record, 2000. p. 179-216.

PRESTES, Luiz Carlos. (1950a) Nossa Política: guiados pelos ensinamentos do camarada Stálin, nosso educador, estudemos e assimilemos a doutrina marxista-leninista. Disponível em . Acesso em 10jan2012.

PRESTES, Luiz Carlos. (1950) Nossa Política: Prestes Aponta Aos Brasileiros o Caminho da Libertação. Disponível em . Acesso em 10mar2011.

RANGEL, Ignácio. Introdução ao Desenvolvimento Econômico. (1955). In: RANGEL, Ignácio. Obras Reunidas / Ignácio Rangel. Rio de Janeiro: Contraponto, 2005. p. 129-202.

ROSTOW, Walter Whitman. A Decolagem para o Desenvolvimento Auto-Sustentado. (1956). In: AGARWALA, A. N.; SINGH, S. P. A Economia do Subdesenvolvimento. Rio de Janeiro: Forense, 1969, p. 251-262.

SIMONSEN, Roberto Cochrane. A Planificação da Economia Brasileira (1945). In: SIMONSEN, Roberto Cochrane; GUDIN, Eugênio. A Controvérsia do Planejamento na Economia Brasileira: Coletânea da Polêmica Simonsen x Gudin, Desencadeada com as Primeiras Propostas Formais de Planejamento da Economia Brasileira ao Final do Estado Novo. 3ª Ed. Brasília: IPEA, 2010. p. 35-50.

TRUMAN. Harry S. Inaugural Address. 1949. Disponível em . Acesso em 04fev2008.

VARGAS, Getúlio Dorneles. Mensagem ao Congresso Nacional. Disponível em . Acesso em 10mar2011.

VELLOSO, João Paulo dos Reis. Apresentação. In: SIMONSEN, Roberto Cochrane; GUDIN, Eugênio. A Controvérsia do Planejamento na Economia Brasileira: Coletânea da Polêmica Simonsen x Gudin, Desencadeada com as Primeiras Propostas Formais de Planejamento da Economia Brasileira ao Final do Estado Novo. 3ª Ed. Brasília: IPEA, 2010. p. 19-34.