Análise da satisfação do trabalho e dos contratos psicológicos em organizações da região do Grande ABCD Outros Idiomas

ID:
31182
Resumo:
Este artigo tem como objetivo geral analisar a satisfação no trabalho e a existência de contratos psicológicos entre profissionais de diversas áreas. A pesquisa foi realizada através de um questionário estruturado contendo 77 perguntas, aplicado a 50 funcionários de diferentes setores empresariais dentro da região do Grande ABCD. Os dados coletados foram analisados pelo software SPSS e representados em forma de gráficos com médias, coeficientes de variação e desvio padrão, onde foi possível diagnosticar os problemas com a satisfação com promoções e salários, bem como falta de lealdade, investimento pessoal e flexibilidade dos profissionais para com as organizações.
Citação ABNT:
AGAPITO, P. R.; CARDI, G. V.; VICENTE, M. M.; GUIMARÃES, T. B.; LACERDA, T. L. F. T.; FREITAS, V. B. Análise da satisfação do trabalho e dos contratos psicológicos em organizações da região do Grande ABCD. Revista Eletrônica Gestão e Serviços, v. 4, n. 2, p. 700-718, 2013.
Citação APA:
Agapito, P. R., Cardi, G. V., Vicente, M. M., Guimarães, T. B., Lacerda, T. L. F. T., & Freitas, V. B. (2013). Análise da satisfação do trabalho e dos contratos psicológicos em organizações da região do Grande ABCD. Revista Eletrônica Gestão e Serviços, 4(2), 700-718.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/31182/analise-da-satisfacao-do-trabalho-e-dos-contratos-psicologicos-em-organizacoes-da-regiao-do-grande-abcd/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BURCOSKI, Evaldo. Planejamento de carreira: mais uma função para os gestores de RH. In: Associação brasileira de Recursos Humanos. 2011. Disponível em: . Acesso em: 11 mai. 2013.

CADAMURO, Cesar Augusto Adair et al. Satisfação no trabalho: um estudo preliminar. In: Cesumar. 2008. Disponível em: . Acesso em 05 mar. 2013.

CARVALHO, Alexandre Brondani et al. Satisfação no trabalho. In: Jornada de Pesquisa 2006. Disponível em: . Acesso em 05 mar. 2013.

CHIAVENATO, Idalberto. Administração geral e pública. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006. CHIUZI, Rafael Marcus (org.). (Des) Emprego e labore: um olhar sobre a precarização do trabalho e os novos contratos psicológicos. In: CHIAVENATO, Idalberto. Recursos humanos ou gestão de pessoas?: reflexões críticas sobre o trabalho contemporâneo. São Paulo: Metodista, 2011.

CHIUZI, Rafael Marcus (org.). (Des) Emprego e labore: um olhar sobre a precarização do trabalho e os novos contratos psicológicos. In: CHIAVENATO, Idalberto. Recursos humanos ou gestão de pessoas?: reflexões críticas sobre o trabalho contemporâneo. São Paulo: Metodista, 2011.

CORREIA, Rui; MAINARDES, Emerson. O desenvolvimento do contrato psicológico orientado para performances de elevado rendimento. In: VI CONVIBRA – Congresso Virtual Brasileiro de Administração. 2009. Disponível em: . Acesso em: 05 mar. 2013.

FRANÇA, Ana Cristina Limongi; KANIKADAN, Andréa Y. S.; JACOBSOHN, Liliana Vasconcellos. Novas perspectivas na universidade: um estudo de caso baseado nos elementos do contrato psicológico do trabalho. In: Série de Working Papers nº 02/019. 2002. Disponível em: . Acesso em: 09 mar. 2013.

KONDO, Wagner. Retenção de talentos: o valor do capital humano. In: TI Especialistas: Desenvolvendo Ideias. 2011. Disponível em: . Acesso em: 10 mai. 2013.

MARQUEZE, Elaine Cristina; MORENO, Claudia Roberta de Castro. Satisfação no trabalho e capacidade para o trabalho entre docentes universitários. Psicologia em estudo, v. 14, n. 1, p. 75-82, 2009.

RAMPAZZO, Lino. Metodologia científica. 3 edição. São Paulo: Edições Loyola, 2005.

RIOS, Mino Correia. Atribuições iguais, vínculos organizacionais desiguais: investigando os contratos psicológicos de terceirizados e não-terceirizados. 155p. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em psicologia) – Universidade Federal da Bahia, Bahia, 2007.

RIOS, Mino Correia; GONDIM, Sônia Maria Guedes. Contrato psicológico de trabalho e a produção acadêmica no Brasil. Revista Psicologia, Organ. Trab., v. 10, n. 1, 2010.

RIOS, Mino Correia; GONDIM, Sônia Maria Guedes. Contratos psicológicos e terceirização: um estudo das relações entre vínculos e as práticas de gestão de pessoas. Organizações & Sociedade, v. 17, n. 55, p. 689-703, 2010.

ROBBINS, Stephen Paul. Fundamentos do comportamento organizacional. 7 edição. São Paulo: Prentice Hall, 2004.

ROSOLEN, Talita et al. Contrato psicológico: um estudo de caso do programa de educação tutorial. Curitiba, 2002. Disponível em: . Acesso em: 04 mar. 2013.

SCHERMERHORN Jr., John R.; HUNT, James G.; OSBORN, Richard N. Fundamentos de comportamento organizacional. 2 edição. Porto Alegre: Artmed, 1999.

SIQUEIRA, Mirlene Maria Matias. Medidas do comportamento organizacional: Ferramentas de diagnóstico e de gestão. Porto Alegre: Artmed, 2008.

ULIANA, Cleverson. Plano de cargos e salários. Revista Liderança: Gestão, Pessoas & Atitudes. 2009. Disponível em: . Acesso em: 11 mai. 2013.

WETZEL, Ursula. Transformação do contrato psicológico no contexto da privatização: estudo de casos. Revista de Administração Contemporânea, v. 5, 2001.