Desempenho de municípios brasileiros em relação à estratégia de investimento público em educação Outros Idiomas

ID:
31376
Resumo:
O objetivo geral do estudo foi analisar o desempenho dos municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes relacionado a sua estratégia de investimentos públicos em educação, e justifica-se pela importância da área da educação para o desenvolvimento social e econômico do país e do acompanhamento necessário sobre a alocação de recursos públicos. O método utilizado foi a análise envoltória de dados (DEA). O inputfoi o valor dos gastos com educação, e os outputsforam as matrículas por habitantes, o número de docentes, o número de escolas e a média de notas escolares. A pesquisa caracteriza-se como descritiva, de caráter documental e abordagem quantitativa dos dados analisados. Pode-se concluir que o grupo com maior eficiência é o grupo 5, no qual se apresentaram três cidades com o Score 1; ou seja, as cidades de Campinas (SP), Belém (PA) e Salvador (BA) são consideradas 100% eficientes na alocação de recursos na educação. O grupo 5 obteve a maior parte dos municípios com alocação de recursos eficientes em mais de 50%, no montante de 12 municípios dentre a amostra total, o que corresponde a 85,7% dos municípios. Desses 12 municípios, 10 são capitais de Estados brasileiros. Os demais grupos tiveram uma única cidade com 100% de eficiência cada.
Citação ABNT:
DIEL, E. H.; DIEL, F. J.; SCHULZ, S. J.; CHIARELLO, T. C.; ROSA, F. S. Desempenho de municípios brasileiros em relação à estratégia de investimento público em educação. Desenvolvimento em Questão, v. 12, n. 26, p. 79-107, 2014.
Citação APA:
Diel, E. H., Diel, F. J., Schulz, S. J., Chiarello, T. C., & Rosa, F. S. (2014). Desempenho de municípios brasileiros em relação à estratégia de investimento público em educação. Desenvolvimento em Questão, 12(26), 79-107.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/31376/desempenho-de-municipios-brasileiros-em-relacao-a-estrategia-de-investimento-publico-em-educacao/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ABRAHÃO, J. Financiamento e gasto público da educação básica no Brasil e com parações com alguns países da OCDE e América Latina. Centro de Estudos Educação & Sociedade, n. 92, v. 26, p. 841-858, 2005.

ALMEIDA, T. C.; GASPARINI, C. E. Gastos públicos municipais e Educação Fundamental na Paraíba: uma avaliação usando DEA. Disponível em: . Acesso em: 2 fev. 2013.

BELFIELD, C. R.;LEVIN, H. M. The effects of competition between schools on education outcomes: a review for the United States. Review of Education Research, v. 72, n. 2, p. 279-341, 2002.

BOUGNOL, M.; DULÁ, J. H. Validating DEA as a ranking tool: an application of DEA to assess performance in higher education. Annals of Operations Research, n. 145, v. 1, p. 339-365, 2006.

BRUNET, J. F. G.; BERTÊ, A. M. A.; BORGES, C. B. Qualidade do gasto público em educação nas redes públicas estaduais e municipais. Disponível em: . Acesso em: 28 jan. 2013.

CHAKRABORTY, K.; BISWAS, B.; LEWIS, W. C. Measurement of technical efficiency in public education: a stochastic and nonstachastic production function approach. Southern Economic Journal, n. 64, v. 4, p. 889-905, 2001.

CRUZ, A. C.; TEIXEIRA, E. C.; BRAGA, M. J. Os efeitos dos gastos públicos em infraestrutura e em capital humano no crescimento econômico e na redução da pobreza no Brasil. Revista Economia, n. 11, v. 4, 2010.

DIAZ, M. D. M. Qualidade do gasto público municipal em Ensino Fundamental no Brasil. Revista de Economia Política, n. 32, v. 1, p. 128-141, jan. /mar. 2012.

DINIZ, J. A.; CORRAR, L. J. Alocação de recursos públicos na educação fundamental: uma relação entre os gastos e desempenhos dos alunos da rede pública municipal. CONGRESSO USP DE CONTROLADORIA E CONTABILIDADE, 11. , 2011, São Paulo. Anais. . . São Paulo, SP, 28 e 19 julho 2011.

DINIZ, J. A.; MACEDO, M. A. S.; CORRAR, L. J. Mensuração da eficiência financeira municipal do Brasil e sua relação com os gastos nas funções de governo. Gestão & Regionalidade, v. 28, n. 83, p. 5-20, maio/ago. 2012.

DUTTA, S. Evaluating the technical efficiency of elementary education in India: an application of DEA. The IUP Journal of Applied Economics, v. 11, n. 2, 2012.

FARIA, F. P.; JANNUZZI, P. M.; SILVA, S. J. Eficiência dos gastos municipais em saúde e educação: uma investigação através da análise envoltória no estado do Rio de Janeiro. Revista de Administração Pública – RAP, Rio de Janeiro, n. 42, v. 1. p. 155-177, jan. /fev. 2008.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

MENSAH, Y. M.; SCHODERBEK, M. P.; SAHAY, S. P. The effect of administrative pay and local property taxes on student achievement scores: evidence from New Jersey public schools. Economics of Education Review, v. 34, n. 1, p. 1-16, 2013.

MEZA, L. A. et al. Integrated system for decision support: a software package for data envelopment analysis model. Revista Pesquisa Operacional, v. 25, n. 3, p. 493503, set. /dez. 2005.

RAUPP, F. M.; BEUREN, I. M. Metodologia da pesquisa aplicável às ciências sociais. In: BEUREN, I. M. (Org. ). Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade: teoria e prática. 3. ed. São Paulo: Atlas. 2009.

RAYENI, M. M.; SALJOOGHI, F. H. Performance assessment of education institutions through interval DEA. Journal of Applied Sciences, n. 22, v. 10, p. 2. 945-2. 949, 2010.

ROSANO-PEÑA, C.; ALBUQUERQUE, P. H. M.; DAHER. Dinâmica de produ tividade e eficiência dos gastos na educação dos municípios Goianos. RAC – Revista de Administração Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 16, n. 6, p. 845-865, 2012.

SAVIAN, M. P. G.; BEZERRA, F. M.; MELO, C. O. Análise de eficiência dos gastos públicos com educação no Ensino Fundamental nos municípios do Estado do Paraná: evidências para os anos de 2005 e 2009. Disponível em: . Acesso em: 10 fev. 2013.

SCARPIN, J. E. et al. Análise da eficiência dos recursos públicos direcionados à educação: estudo dos municípios do Estado de Santa Catarina. Revista Gestão Pública: práticas e desafios, Recife, v. 8, n. 6, p. 27-48, 2012.

SENRA, L. F. A. C. et al. Estudo sobre métodos de seleção de variáveis em DEA. Pesquisa Operacional, v. 27, n. 2, p. 191-207, maio/ago. 2007.

SILVA A. A. P. et al. Eficiência na alocação de recursos públicos destinados à educação, saúde e habitação em municípios mineiros. Contabilidade, Gestão e Governança, Brasília, v. 15, n. 1, p. 96-114, 2012.

SILVEIRA, A. S.; TEIXEIRA, A. M. C. O efeito do gasto público na qualidade da educação. ENCONTRO DA ANPAD, 36. , 2012, Rio de Janeiro. Anais. . . Rio de Janeiro, RJ, 22 a 26 de setembro de 2012.

SOUZA, F. J. V. et al. Alocação de recursos públicos em educação nos Estados brasileiros: uma análise das relações entre a eficiência dos gastos públicos com educação e o desempenho no Ideb no ano de 2009. Revista Uniabeu, Belford Roxo, v. 5, n. 11, p. 155-170, set. /dez. 2012.

SOUZA, F. J. V.; SILVA M. C;ARAUJO A. O. Análise da eficiência dos gastos pú blicos em educação dos municípios do estado do Estado do Rio Grande do Norte nos anos de 2007 e 2009. CONGRESSO USP DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EM CONTABILIDADE, 9. , 2012, São Paulo. Anais. . . São Paulo, SP, 26 e 27 julho de 2012.

THANASSOULIS, E. et al. Costs and efficiency of higher education institutions in England: a DEA analysis. Journal of the operational research society, v. 62, p. 1282-1297, 2011.

VERGARA, S. C. Projeto e relatórios de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 1998.

VILELA, D. L.; NAGANO, M. S.; MERLO, E. M. Aplicação da análise envoltória de dados em cooperativas de crédito rural. Revista de Administração Contemporânea, 2. ed. especial, p. 99-120, 2007.

XIAO, J. Education expansion in Shenzhen, China: it´s interface with economic development. International Journal Education Development, v. 18, n, 1, p. 3-19, 1998.

ZANMARIA, N. A.; CASTILHO, M. L. Gastos públicos com educação e seus reflexos no crescimento econômico brasileiro. Revista Faz Ciência, Unioeste, v. 8, n. 1, p. 123-148, 2006.