Descobrir o valor em aprender sobre sustentabilidade: um caso de ensino no programa stricto sensu em administração Outros Idiomas

ID:
31469
Resumo:
No nível de pós-graduação stricto sensu os estudantes precisam ser estimulados a interpretar teorias e a exercitar seus posicionamentos diante de discussões científicas e empíricas. Nesse sentido, desenvolveu-se este caso de ensino, cujo objetivo é apresentar uma experiência de ensino voltada à dimensão ambiental, na disciplina “Governança e Sustentabilidade”, oferecida por um programa de pós-graduação stricto sensu em Administração. No decorrer desta experiência, os sujeitos partícipes do estudo foram cinquenta e nove (59) estudantes que, nos três últimos anos, cursaram a disciplina suprarreferida. A prática pedagógica utilizada na disciplina em questão foi denominada de participativa, pois reúne o rigor acadêmico, controlado pelo professor, com as demandas e a criatividade dos estudantes, unidas num processo de construção pedagógica coletiva, à luz dos postulados de Freire. No início das atividades da disciplina, verificou-se que os alunos possuíam um baixo nível de compreensão sobre o ambiente natural e suas singularidades. Todavia, com base nos diálogos, debates e visitas técnicas realizadas no decorrer do semestre, observa-se significativa mudança na compreensão e comportamento dos acadêmicos em relação à temática ambiental e à sustentabilidade.
Citação ABNT:
DREHER, M. T.; SEVEGNANI, L. Descobrir o valor em aprender sobre sustentabilidade: um caso de ensino no programa stricto sensu em administração. Administração: Ensino e Pesquisa, v. 13, n. 4, p. 805-823, 2012.
Citação APA:
Dreher, M. T., & Sevegnani, L. (2012). Descobrir o valor em aprender sobre sustentabilidade: um caso de ensino no programa stricto sensu em administração. Administração: Ensino e Pesquisa, 13(4), 805-823.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/31469/descobrir-o-valor-em-aprender-sobre-sustentabilidade--um-caso-de-ensino-no-programa-stricto-sensu-em-administracao/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BARBIERI, J. C. Educação ambiental e a gestão ambiental em cursos de graduação em administração: objetivos, desafios e propostas. Revista de Administração Pública, v. 38, n. 6, p. 919-946, 2004.

BLEWITT, J.; CULLINGFORD, C. (Eds.). Sustainability curriculum:the challenge for higher educacion. London: Earthscan, 2004.

CAVEDON, N. R. Antropologia para administradores.UFRGS, 2003.

CHAUÍ, M. As humanidades contra o humanismo. In: SANTOS, G. A. (Org.). Universidade, formação, cidadania.São Paulo: Cortez, 2001, p. 15-32.

FORNET BETANCOURT, R. Es la sostenibilidad una perspectiva interculturalmente sostenible? Elementos para la crítica de un concepto bien intencionado, pero insuficiente. Universidad de Bremen. Revista Realidad,n.113, p.409-422, 2007.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à pratica educativa. 22.ed. Paz e Terra, 1996.

JACOBI, P. Educação ambiental, cidadania e sustentabilidade. Cadernos de Pesquisa,n. 118, p. 189-205, 2003.

LÜDKE, M. Influências cruzadas na constituição e na expansão do sistema de pós graduação stricto sensuem educação no Brasil. Revista Brasileira de Educação,n. 30, p. 117-123, 2005.

RATHS, L.E.; JONAS, A.; ROTHSTEIN, A.M.; WASSERMANN, S. Teaching for thinking: theory and application. Ohio: Company Columbus, 1976.

SACHS, I. Desenvolvimento sustentável: desafio do século XXI. Ambient. soc., v.7, n.2, p.214-216, 2004.

WAAS, T.; VERBRUGGEN, A.; WRIGHT, T. University research for sustainable development: definition and characteristics explored. Elsevier. Journal of Cleaner Production,v. 18, p.629-636, 2010.

WORLD COMMISSION ON ENVIRONMENT AND DEVELOPMENT. Our Common Future.1987. Disponível em: . Acesso em: 02/02/2012.