A qualidade do atendimento prestado pelos Prontos-Socorros de hospitais públicos do Brasil Outros Idiomas

ID:
31851
Resumo:
O estudo objetivou analisar a qualidade do atendimento prestado pelos Prontos-Socorros de hospitais públicos do Brasil. Revisão bibliográfica, a qual incluiu artigos de periódicos eletrônicos e impressos, publicados nos anos de 1991 a 2011, indexados nas principais bases de dados cientificas. Também foram consultados livros-textos contemporâneos, dissertações e teses de especialistas da área, assim como documentos oficiais do governo do Brasil. De acordo com os resultados obtidos, constatou-se que fatores como demora no atendimento, estrutura física inadequada, precariedade ou ausência de equipamentos e de materiais para o necessário atendimento são os principais responsáveis pela redução da qualidade prestada em pronto atendimentos de hospitais públicos brasileiros. Embora exista o estresse característico da unidade de emergência, faz-se necessária a elaboração de estratégias de aplicabilidade na dinâmica do serviço, como o levantamento das opiniões e sugestões dos usuários de pronto-socorro, no intuito de amenizar fatores que possam interferir na qualidade do atendimento prestado.
Citação ABNT:
SOUZA, L. P. S.; SOUTO, D. F.; ROCHA, J. K. D. S. A.; SILVA, C. S. O.; MARTINS, K. A. F.; DIAS, O. V.; PINTO, I. S. A qualidade do atendimento prestado pelos Prontos-Socorros de hospitais públicos do Brasil. Revista de Administração Hospitalar e Inovação em Saúde, v. 11, n. 3, p. 205-212, 2014.
Citação APA:
Souza, L. P. S., Souto, D. F., Rocha, J. K. D. S. A., Silva, C. S. O., Martins, K. A. F., Dias, O. V., & Pinto, I. S. (2014). A qualidade do atendimento prestado pelos Prontos-Socorros de hospitais públicos do Brasil. Revista de Administração Hospitalar e Inovação em Saúde, 11(3), 205-212.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/31851/a-qualidade-do-atendimento-prestado-pelos-prontos-socorros-de-hospitais-publicos-do-brasil/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ACURCIO, F.A.; CHERCHIGLI, M.L.; SANTOS, M.A. Avaliação da qualidade de serviços de saúde. Saúde em Debate, v.33, p.50-3, 1991. Disponível em: http://docvirt.com/asp/acervo_cebes.asp?bib=SAUDEDEBATE&pesq=Titulo%20do%20Arti go:%20AVALIAcaO%20DA%20QUALIDADE%20DE%20SERVIcOS%20DE%20SAuDE. Acesso em 07 de janeiro de 2013.

ALMEIDA, S. Cliente, eu não vivo sem você; o que você não pode deixar de saber sobre qualidade de serviços. 19. ed. Salvador: Casa da qualidade, 1995.

AZEVEDO, A.C. Avaliação do desempenho de serviços de saúde. Rev Saude Publica, v.23, n.1, p.64-71, 1991. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v25n1/13.pdf. Acesso em 12 de janeiro de 2013.

BALSANELLI, A.P.; JERICÓ, M.C. Os reflexos da gestão pela qualidade total em instituições hospitalares brasileiras. Acta Paulista de Enfermagem, v.18, n.4, p.397-402, 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ape/v18n4/a08v18n4.pdf. Acesso em 05 de janeiro de 2013

BEE, F. Fidelizar o Cliente. 4. ed. São Paulo: Nobel, 2000. 66p.

BELLUCCI JÚNIOR, J.A. Avaliação do acolhimento com classificação de risco em serviço hospitalar de emergência [dissertação]. Maringá: Universidade Estadual de Maringá; 2011. Disponível em: http://nou-rau.uem.br/nou-rau/document/?code=vtls000188757. Acesso em 07 de janeiro de 2013.

BELLUCCI JÚNIOR, J.A.; MATSUDA, L.M. O enfermeiro no gerenciamento à qualidade em Serviço Hospitalar de Emergência: revisão integrativa da literatura. Revista Gaúcha de Enfermagem, v.32, n.4, p.797-806, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1983-14472011000400022&script=sci_arttext. Acesso em 10 de janeiro de 2013.

BERWICK, D.M. Aplicando o gerenciamento da qualidade nos serviços de saúde. In:

BITTENCOURT, R.J.; HORTALE, V.A. Intervenções para solucionar a superlotação nos serviços de emergência hospitalar: uma revisão sistemática. Cad Saúde Pública, v.25, n.7, p.1439-54, 2009. Disponível em: http://www.scielosp.org/pdf/csp/v25n7/02.pdf. Acesso em 12 de janeiro de 2013

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 3125, de 07 de dezembro de 2006: institui o Programa de Qualificação da Atenção Hospitalar de Urgência no Sistema Único de Saúde Programa QualiSUS. Brasília: Ministério da Saúde, 2006.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Acolhimento e classificação de risco nos serviços de urgência. Brasília: Ministério da Saúde, 2009.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Política Nacional de Atenção às Urgências. Brasília: Ministério da Saúde, 2003.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria Executiva, Núcleo Técnico da Política Nacional de Humanização. Acolhimento com avaliação e classificação de risco: um paradigma éticoestético no fazer em saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2004.

CARR-HILL, R.A. The measurement of patient satisfaction. J Public Health Med., v.14, p.236-4, 1992. Disponível em: http://jpubhealth.oxfordjournals.org/content/14/3/236.abstract. Acesso em 05 de janeiro de 2013.

ESPERIDIÃO, M.A.; TRAD, L.A.B. Avaliação de satisfação de usuários: considerações teórico-conceituais. Cad Saúde Pública, v.22, p.1267-76, 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csp/v22n6/16.pdf. Acesso em 12 de janeiro de 2013.

FURTADO, B.M.A.S.M.; ARAÚJO JÚNIOR, J.L.C. Percepção de enfermeiros sobre condições de trabalho em setor de emergência de um hospital. Acta Paulista de Enfermagem, v.23, n.2, p.169-74, 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S010321002010000200003&script=sci_arttext. Acesso em 10 de janeiro de 2013.

GURGEL JÚNIOR, G.D.; VIEIRA, M.M.F. Qualidade total e administração hospitalar: explorando disjunções conceituais. Ciência & Saúde Coletiva, v.7, n.2, p.325-34, 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v7n2/10251.pdf. Acesso em 10 de janeiro de 2013.

KOTAKA, F.; PACHECO, M.L.R.; HIGAKI, Y. Avaliação pelos usuários dos hospitais participantes do programa de qualidade hospitalar no Estado de São Paulo, Brasil. Rev. Saúde Pública, v.31, n.2, p.171-177, 1997. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S003489101997000200011&lng=en. Acesso em 13 de janeiro de 2013.

KOVACS, M.H. et al. Acessibilidade às ações básicas entre crianças atendidas em serviços de pronto-socorro. Jornal de Pediatria, v.81, n.3, p.251-8, 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/jped/v81n3/v81n3a13.pdf. Acesso em 03 de janeiro de 2013.

LEEBOV, W.E.D.; SCOTT, G.M.A. Service quality improvement : the customer satisfaction strategy for health care. Chicago: American Hospital Publishing, 1994.

LUDWIG, M.L.M.; BONILHA, A.L.L. O contexto de um serviço de emergência: com a palavra, o usuário. Revista Brasileira de Enfermagem, v.56, n.1, p.12-7, 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v56n1/a03v56n1.pdf. Acesso em 03 de janeiro de 2013.

MENDES, A.C.G. et al. Avaliação da satisfação dos usuários com a qualidade do atendimento nas grandes emergências do Recife, Pernambuco, Brasil. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil, v.9, n.2, p.157-165, 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbsmi/v9n2/a05v9n2.pdf. Acesso em 05 de janeiro de 2013.

O'DWYER G, MATTA IEA, PEPE VLE. Avaliação dos serviços hospitalares de emergência do Estado do Rio de Janeiro. Ciência & Saúde Coletiva, v.13, p.1637-48, 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-81232008000500027&script=sci_arttext. Acesso em 10 de janeiro de 2013.

PAIVA, S.M.A. et al. Teorias administrativas na saúde. Revista de Enfermagem da UERJ, v.18, n.2, p.311-6, 2010. Disponível em: http://www.facenf.uerj.br/v18n2/v18n2a24.pdf. Aceso em 20 de dezembro de 2012.

WALKER, D. O cliente em primeiro lugar: o atendimento e a satisfação do cliente como uma arma poderosa de fidelidade e vendas. São Paulo: Makron, 1991.