A percepção da informação e da sua relevância no cenário institucional: sob a perspectiva de gestores e líderes Outros Idiomas

ID:
31892
Autores:
Periódico:
Resumo:
Considerando o volume e a velocidade da informação que permeia o ambiente organizacional, este artigo tem o objetivo de auxiliar no entendimento e na contextualização dessa informação, por meio da avaliação de lideranças, com o propósito de determinar a percepção da informação e da sua relevância no contexto organizacional. A informação é responsável por contribuir para que a tomada de decisão responda às expectativas da empresa. À luz da teoria proposta por Choo (2003), este artigo reafirma que a informação deve ser processada, visando a reduzir ou evitar a incerteza e apoiar as decisões organizacionais; para isso, a forma como é percebida é vital para que cumpra seu propósito. A metodologia adotada visa a responder às perguntas: “Como a informação é percebida no cenário organizacional?” e “Qual é a relevância da informação?”. Trata-se de estudo de caso realizado em uma organização privada, multinacional, do segmento de reflorestamento. Nos resultados, foi possível inferir que os envolvidos possuem uma notável percepção da informação e da sua relevância, embora se tenha observado que, em algumas situações, existe a necessidade de melhorar o fluxo, as ferramentas e a gestão da informação, para que, no contexto organizacional, ela constitua um recurso para decisões efetivas. Identificou-se que a necessidade de informação e sua aquisição, armazenamento, produtos e serviços, uso e disseminação, seguindo o modelo de Choo, realçam a percepção da informação e sua relevância no cenário institucional. A continuidade do estudo sugere a mensuração do impacto e influência da informação e a ampliação da percepção sob a perspectiva de subordinados.
Citação ABNT:
VIEIRA, E.A percepção da informação e da sua relevância no cenário institucional: sob a perspectiva de gestores e líderes. Cadernos EBAPE.BR, v. 12, n. Edição Especial, p. 533-533, 2014.
Citação APA:
Vieira, E.(2014). A percepção da informação e da sua relevância no cenário institucional: sob a perspectiva de gestores e líderes. Cadernos EBAPE.BR, 12(Edição Especial), 533-533.
DOI:
http://dx.doi.org/10.1590/1679-39519085
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/31892/a-percepcao-da-informacao-e-da-sua-relevancia-no-cenario-institucional--sob-a-perspectiva-de-gestores-e-lideres/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BARBOSA, R. R. O uso de fontes de informação por consultores empresariais: um estudo junto ao mercado de consultoria de Belo Horizonte. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 13, n. 1, p. 95-101, jan./abr. 2007.

BARDIN. L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2002.

BARRETO, A. A. A eficiência Técnica e Econômica e a viabilidade de produtos e serviços de informação. Ciência da Informação, São Paulo, v. 25, n. 3, p. 1-18, jul. 1996. Disponível em: . Acesso em: 19 ago. 2011.

BATISTA, E. O. Sistema de Informação: o uso consciente da tecnologia para o gerenciamento. São Paulo: Saraiva, 2004.

CALAZANS, A. T. S. Conceitos e uso da informação organizacional e informação estratégica. Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia, v. 1, n. 2, 2006.

CHOO, C. A Organização do Conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. São Paulo: Editora Senac, 2003.

CHOO, C. A Organização do Conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. São Paulo: Editora Senac, 2006.

CHOO, C. W. The Knowing Organization: How Organizations Use Information for Construct Meaning, Create Knowledge and Make Decisions. Nova York: Oxford Press, 1998.

DAVENPORT, T. H. Conhecimento Empresarial: como as organizações gerenciam o seu capital intelectual. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

DAVENPORT, T. H. Ecologia da Informação: por que só a tecnologia não basta para o sucesso na era da informação. São Paulo: Futura, 1998.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002. LE COADIC, Y. A Ciência da Informação. Brasília: Briquet de Lemos, 2004.

LE COADIC, Y. A Ciência da Informação. Brasília: Briquet de Lemos, 2004.

MORESI, E. A. D. Delineando o valor do sistema de informação de uma organização. Ciência da Informação, Brasília, v. 29, n. 1, p. 14-24, jan./abr. 2000. Disponível em: . Acesso em: 12 set. 2011.

MORGAN, G. Imagens da Organização. São Paulo: Atlas, 1996.

NETO, R. D. C. A., Gestão do conhecimento em organizações. Curitiba: Saraiva, 2002.

OLIVEIRA, D. P. R. Sistemas de Informações Gerenciais: estratégias e táticas operacionais. 8. ed. São Paulo: Atlas, 1992.

TORQUATO, F. G. Comunicação Empresarial/Comunicação Institucional: conceitos, estratégias, sistemas, estrutura, planejamento e técnicas. 5. ed. São Paulo: Summus, 1986.

VERGARA, S. C. Projetos e Relatório de Pesquisa em Administração. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

WURMAN, R. S. Information Anxiety. The New York Times, New York, 1989. 32 p.