Competitividade e turismo: estudo da produção científica internacional Outros Idiomas

ID:
32291
Resumo:
Competitividade e turismo vêm se configurando numa temática emergente, com crescente espaço em estudos internacionais, em função de a atividade turística se destacar como um dos setores da economia que mais cresce, com desafios e possibilidades diversas. Este estudo objetivou identificar e analisar o estado da arte no tema competitividade e turismo, por meio da verificação do perfil de artigos científicos internacionais e nacionais contidos em revistas científicas, considerando autorias, coautorias, citações e cocitações, e das redes de relacionamento que encerram. Foram identificados 200 artigos publicados entre 1994 e 2012 na base de dados do Institute for Scientific Information (ISI) – Web of Science (WoS). Por meio do uso de técnicas bibliométricas e sociométricas, observou-se que o tema ganhou destaque no meio acadêmico a partir de 2008, tendo sido publicado especialmente em revistas da área de turismo, sendo as seis mais significativas responsáveis por quase 40% das publicações. A maior parte dos artigos se ancoram na grande área das ciências sociais e aplicadas e é procedente, principalmente, da Espanha e Estados Unidos. Apenas cinco trabalhos aparecem com destaque nas referências bibliográficas usadas pelos autores, indicando o caráter incipiente das pesquisas nessa área e o potencial para desenvolvimento de novas pesquisas.
Citação ABNT:
CARMONA, V. C.; COSTA, B. K.; RIBEIRO, H. C. M. Competitividade e turismo: estudo da produção científica internacional. Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo, v. 8, n. 2, p. 201-221, 2014.
Citação APA:
Carmona, V. C., Costa, B. K., & Ribeiro, H. C. M. (2014). Competitividade e turismo: estudo da produção científica internacional. Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo, 8(2), 201-221.
DOI:
10.7784/rbtur.v8i2.721
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/32291/competitividade-e-turismo--estudo-da-producao-cientifica-internacional/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Alberton, A.; Marinho K. B.; & Marinho, S.V. (2011). Análise dos artigos publicados nos periódicos Turismo em Análise da Universidade de São Paulo (USP) e Revista Turismo Visão e Ação da Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI). In: VIII Seminário da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Turismo, 2011. São Paulo. Anais... Camboriú: ANPTUR.

Baccon, M.; Figueiredo, F. B.; & Rejowski, M. (2007). Produção científica em turismo: dissertação do mestrado em turismo da Universidade de Caxias do Sul 2002-2006. In: Seminário da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Turismo, 4, 2007, São Paulo. Anais... São Paulo: ANPTUR.

Barbosa, L. G. M.; Oliveira, C. T. F.; & Rezende, C. (2010). Competitiveness of tourist destinations: the study of 65 key destinations for the development of regional tourism. Revista de Administração Pública, 44(5), 1067-1095, 2010.

Barney, J. B. (1991). Firm resources and sustained competitive advantage. Journal of Management, 17(1), 99-120.

Barreto, M. (1996). Produção bibliográfica em turismo no Brasil. Turismo em Análise. 7(2), 93-102.

Barretto, M. (2003). O imprescindível aporte das ciências sociais para o planejamento e a compreensão do turismo. Horizontes Antropológicos. 9(20), 15-29.

Benckendorff, P. (2013). A network analysis of tourism research. Annals of Tourism Research, v. 43, 121-149.

Bissoli, Maria Angela Meruqes Ambrizi. (2004). Produção cientifica dos docentes da Faculdade de Turismo da PUC Campinas. In: Seminário de Pesquisa em Turismo do Mercosul, 1.

Carneiro, Alberto. (2000). How does knowledge management influence innovation and competitiveness? Journal of Knowledge Management, 4(2), 87-98.

Chim Miki, A. F.; Gândara, J. M. G.; & Medina Muñoz. (2012). O estado atual de pesquisas sobre competitividade turística no Brasil. Caderno Virtual de Turismo, 12(2), 212-223.

Crouch, G. I.; & Ritchie, J. R. (1999). Tourism, competitiveness, and societal prosperity. Journal of Business Research, 44(3), 137-152.

Cunha, S. K.; & Cunha, J. C. (2005). Competitividade e sustentabilidade de um cluster de turismo: uma proposta de modelo sistêmico de medida do impacto do turismo no desenvolvimento local. Revista de Administração Contemporânea, 9(spe), 63-79.

Dwyer, Larry; Kim, Chulwon. (2003). Destination competitiveness: determinants and indicators. Current Issues in Tourism, 6(5), 369-414.

Eidt, K. R. G. (2004). Turismo em análise: a produção do conhecimento na área do turismo. Dissertação de Mestrado. Universidade do Vale do Itajaí.

Enright, M. J.; & Newton, J. (2004). Tourism destination competitiveness: a quantitative approach. Tourism Management, 25(6), 777-788.

Fedrizzi, Valéria Luiza Ferreira, & Bastos, Sênia Regina. (2007). Produção cientifica em hospitalidade (2004 - 2007). In: Seminário da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Turismo, 4, 2007, São Paulo. Anais... São Paulo: ANPTUR.

Gomes, C. M.; & Rejowski, M. (2005). Bases documentais e teóricas do lazer turístico no Brasil. In: Seminário da ANPTUR, 2, 2005, Balneário Camboriú. Anais... Balneário Camboriú: ANPTUR.

Gomezelj, Doris Omerzel, & Mihalic, Tanja. (2008). Destination competitiveness: applying different models, the case of Slovenia. Tourism Management, 29(2), 294-307.

Gonçalves, Mariana Furtado. (2007). Produção e veiculação de conhecimentos sobre o lazer nos periódicos científicos brasileiros de turismo qualificados pelo Qualis/CAPES (2001- 2005): um estudo exploratório. In: Seminário da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Turismo, 4, 2007, São Paulo. Anais... São Paulo: ANPTUR.

Gooroochurn, N.; & Sugiyarto, G. (2005). Competitiveness indicators in the travel and tourism industry. Tourism Economics, 11(1), pp.25-43.

Gracio, Maria Cláudia Cabrini; Oliveira, Ely Francina Tannuri de; & Matos, Gislaine Imaculada de. Visibilidade dos pesquisadores no tema estudos métricos: análise de citação e co-citação nos periódicos do SciELO.

Guedes, V. V.; & Borschiver, S. (2005). Bibliometria: uma ferramenta estatística para a gestão da informação e do conhecimento, em sistemas de informação, de comunicação e de avaliação científica e tecnológica. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciências da Informação, 6, junho, 2005, Salvador, BA, Brasil,. Anais... Salvador: ENANCIB.

Hall, C. M. (2006). The impact of tourism knowledge: google scholar, citations and the opening up of academic space. e-Review of Tourism Research, 4(5), 119-136.

Hitchens, David, Thankappan, Samarthia, Trainor, Mary, Clausen, Jens, & Marchi, Bruna de. (2005). Environmental performance, competitiveness and management of small businesses in Europe. Tijdschrift voor Economische en Sociale Geografie, 96(5), 541-57.

Krugman, Paul. (1994). Competitiveness: a dangerous obsession. Foreign Affairs, 73(2), 28-44.

Kupfer, D. (1992). Padrões de concorrência e competitividade. Texto para Discussão 265, XX Encontro Nacional da ANPEC, Campos de Jordão, SP, 1992. IEI/UFRJ, Anais... Campos de Jordão, SP.

Lall, Sanjaya. (2001). Competitiveness indices and developing countries: an economic evaluation of the global competitiveness report. World Development, 29(9), 1501-1525.

Limberger, P. F.; Anjos, F. A.; & Fillus, D. (2012). Análise da implantação e operação do Plano de Desenvolvimento Turístico de Itajaí (SC). Caderno Virtual de Turismo, 11(1), 78-94.

López-Gamero, María D.; Molina-Azorín, José F.; & Claver-Cortés, Enrique. (2010). The potential of environmental regulation to change managerial perception, environmental management, competitiveness and financial performance. Journal of Cleaner Production, 18(10), 963-974.

Mihalic, T. (2000). Environmental management of a tourist destination: a factor of tourism competitiveness. Tourism Management, v. 21, p. 65-78.

Mills, Karen G.; Reynolds, Elisabeth B.; & Reamer, Andrew. (2008). Clusters and competitiveness: a new federal role for stimulating regional economies. Metropolitan Policy Program at Brookings.

Minozzo, C. C.; & Rejowski, M. (2004). Periódicos científicos em turismo: panorama evolutivo e caracterização da revista Turismo em Análise. In: Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 27, 2004, Porto Alegre. Anais... São Paulo: Intercom.

Mutti, John H.; & Richardson, J. David. (1977). International competitive displacement from environmental control: the quantitative gains from methodological refinement. Journal of Environmental Economics and Management, 4(2), 35-152.

Olson, Eric M.; Cravens, David W.; & Slater, Stanley F. (2001). Competitiveness and sales management: a marriage of strategies. Business Horizons, 44(2), 25-30.

Pacheco da Luz, L. F.; Fernandes da Silva, T. F.; Alberton, A.; & Hoffman, V. E. (2011). Estratégia e finanças em turismo: análise das publicações em periódicos brasileiros de turismo. Observatório de Inovação do Turismo - Revista Acadêmica, 6(1), 1-27.

Panosso Netto, A. (2007). Análise da produção bibliográfica de turismo do Brasil 1990-2007. In: Seminário da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-graduação em Turismo, 4, 2007, São Paulo, Anais... São Paulo: ANPTUR.

Porter, Michael E. (1990). The competitive advantage of nations. New York: Free Press.

Porter, Michael E. (1993). A vantagem competitiva das nações. Campus: Rio de Janeiro.

Rastogi, P. N. (2000). Knowledge management and intellectual capital: the new virtuous reality of competitiveness. Human Systems Management, 19(1), 39-48.

Rejowski, M. (1998). Realidade versus necessidades da pesquisa turística no Brasil. Turismo em Análise, 9(1), 82-91.

Rejowski, M. (2010). Produção científica em turismo: análise de estudos referenciais no exterior e no Brasil. Turismo em Análise, 21(2), 246-246.

Ribeiro, H. C. M. (2014). Redes sociais: uma metanálise nos periódicos da área de administração no Brasil. Gestão & Regionalidade, 30(88), 62-80, 2014.

Ritchie, J. R. B.; & Crouch, G. I. (2000). The competitive destination: a sustainability perspective. Tourism Management, v. 21, p. 1-7.

Rohr, Sandra S.; & Corrêa, Henrique L. (1998). Time-based competitiveness in Brazil: whys and hows. International Journal of Operations & Production Management, 18(3), 233-245.

Sakata, M. C. G. (2002). Tendências metodológicas da pesquisa acadêmica em turismo. Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo.

Santos, M. C.; Ferreira, A. M.; & Costa, C. (2014). Influential factors in the competitiveness of mature tourism destinations. Tourism & Management Studies, 10(1), 73-81.

Silva, J. A. S. (2004). Turismo, crescimento e desenvolvimento: uma análise urbano-regional baseada em cluster. 2004, 480f. Tese (Doutorado em Geografia). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. USP, São Paulo.

Souza, M. J. B.; Pimentel Filho, G.; & Faria, S. (2007). Análise bibliométrica da produção científica em turismo publicado nos anais do ENANPAD. In: Seminário da Associação Brasileira de Pesquisa e PósGraduação em Turismo, 4, 2007, Balneário Camboriú. Anais... São Paulo: ANPTUR.

Stroh, Linda K.; & Caligiuri, Paula M. (1998). Increasing global competitiveness through effective people management. Journal of World Business, 33(1), 1-16.

Vasilichenko, A. O. (2011). Marketing strategy of competitiveness management building enterprise. Marketing ì Menedžment Innovacìj, v. 2, n. 4/1.

Xavier, Odiva Silva. (1990). A sociometria na administração de recursos humanos. Revista de Administração de Empresas, 30(1), 45-54.

Yang, Chen-Lung, Lin, Shu-Ping, Chan, Ya-Hui, & Sheu, Chwen. (2010). Mediated effect of environmental management on manufacturing competitiveness: an empirical study. International Journal of Production Economics, 123(1), 210-20.