Interdisciplinaridade revisitada: analisando a prática interdisciplinar em uma faculdade de administração da Bahia Outros Idiomas

ID:
32412
Resumo:
Este trabalho buscou analisar a prática da interdisciplinaridade no ensino da Administração numa Instituição de Ensino Superior (ies) da Bahia. Foi utilizada uma abordagem de pesquisa Quali-Quanti com a triangulação de métodos de pesquisa em um estudo de caso único. Os dados coletados por meio dos questionários foram analisados utilizando-se de medidas de estatística descritiva e da análise do Alpha de Cronbach como medida de confiabilidade da escala aplicada. Os dados oriundos das entrevistas foram analisados utilizando-se da técnica da Análise de Conteúdo. Os resultados mostram que docentes e discentes acreditam na contribuição da interdisciplinaridade no ensino da Administração, com a melhoria do processo de aprendizagem, desenvolvimento do pensamento sistêmico, analítico e crítico dos estudantes, além da ampliação das habilidades técnicas e interpessoais. Conclui-se, então, que - no caso em análise, mesmo sem uma proposta articulada com as políticas organizacionais, e com todas as dificuldades inerentes ao processo de implantação e a estrutura necessária para o desenvolvimento das atividades - a interdisciplinaridade revela-se como uma ferramenta capaz de melhorar o aprendizado e o desempenho dos estudantes, mostrando a relevância da sua utilização no ensino superior.
Citação ABNT:
CAGGY, R. C. S. S.; FISCHER, T. M. D. Interdisciplinaridade revisitada: analisando a prática interdisciplinar em uma faculdade de administração da Bahia. Administração: Ensino e Pesquisa, v. 15, n. 3, p. 501-501, 2014.
Citação APA:
Caggy, R. C. S. S., & Fischer, T. M. D. (2014). Interdisciplinaridade revisitada: analisando a prática interdisciplinar em uma faculdade de administração da Bahia. Administração: Ensino e Pesquisa, 15(3), 501-501.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/32412/interdisciplinaridade-revisitada--analisando-a-pratica-interdisciplinar-em-uma-faculdade-de-administracao-da-bahia/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
AMBONI, N. ; ANDRADE, R. O. B. de; LIMA, A. J. de; MULLER, I. R. F. Interdisciplinaridade e complexidade no curso de graduação em Administração. Cadernos EBAPE, v. 10, n. 2, p. 302-328, 2012.

ARGUELLO, C. In: NOGUEIRA, A. (Org. ). Contribuições da interdisciplinaridade: para a ciência, para a educação, para o trabalho sindical. 3. ed. Petropolis: Vozes, 1996.

ATHAIDE, G. A. ; DESAI, H. B. Design and Implementation of an Interdisciplinary Marketing/Management Course on Technology and Innovation Management. Journal of Marketing Education, v. 27, n. 3, p. 239-249, 2005.

BARBOUR, R. ; Grupos Focais. Trad. Marcelo Figueiredo. Porto Alegre: Artmed, 2009.

BARDIN, L. ; Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BELONI, I. ; MAGALHÃES, H. de; SOUZA, L. C. de. Metodologia de Avaliação em Políticas Públicas. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

BROWN, H. R. ; Física e Filosofia em Oxford: Um exemplo próspero de interdisciplinaridade. In: AUDY, J. L. N. ; MOROSINI, M. C. (Orgs. ). Inovação e Interdisciplinaridade na Universidade. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2007.

CHAUÍ, M. A ; universidade em ruínas. In: TRINDADE, H. Universidade em Ruínas na República dos Professores. Petrópolis: Vozes, 1999.

CRESWELL, J. W. ; Projeto de Pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2007.

FAZENDA, I. C. A. Interdisciplinaridade: História, teoria e pesquisa. 11 ed. São Paulo: Papirus, 2003.

FAZENDA, I. C. A. ; Reflexões metodológicas sobre a tese: “interdisciplinaridade um projeto em parceria”. In: FAZENDA, I. (Org. ). Metodologia da pesquisa educacional. 9. ed. São Paulo: Cortez, 2004.

FIELD, A. ; Descobrindo a Estatística usando o SPSS. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

FISCHER, T. ; A difusão do conhecimento sobre organizações e gestão no Brasil: Seis propostas de ensino para o decêncio 2000/2010. Revista de Administração Contemporânea, v. 5, Edição Especial, p. 123-139, 2001.

FISCHER, T. ; A Perduração de um Mestre e Uma Agenda de Pesquisa na Educação de Administradores: Artesanato de si, memória dos outros e legados de ensino. Organizações & Sociedade, v. 17, n. 52, p. 209-219, 2010.

FREIRE, P. ; Educação como prática da liberdade. 29. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2006.

FRIGOTTO, G. A Interdisciplinaridade como necessidade e como problema nas ciências sociais In: JANTSCH, A. P. ; BIANCHETTI, L. Interdisciplinaridade: Para além da filosofia do sujeito. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1997.

GIVENS, T. E. ; Interdisciplinaridade na Graduação. In: AUDY, J. L. N. ; MOROSINI, M. C. (Orgs. ). Inovação e Interdisciplinaridade na Universidade. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2007.

GONCALVES-DIAS, S. L. F. ; HERRERA, C. B. ; CRUZ, M. T. de S. ; Desafios (e dilemas) para inserir “Sustentabilidade” nos currículos de Administração: Um estudo de caso. Revista de Administração, v. 14, n. 3, p. 119-153, 2013.

GÜNTHER, H. Pesquisa qualitativa versus pesquisa quantitativa: Esta é a questão? Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 22, n. 2, p. 201-210, 2006.

HANSON, L. Global Citizenship, Global Health, and the Internationalization of Curriculum: A Study of Transformative Potential. Journal of Studies in International Education, v. 14, n. 1, p. 70-88, 2010.

HITT, M. A. ; BEAMISH, P. W. ; JACKSON, S. E. ; MATHIEU, J. E. Building Theoretical and Empirical Bridges Across Levels: Multilevel research in management. Academy of Management Journal, v. 50, n. 6, p. 1385-1399, 2007.

HOFF, D. N. ; BINOTTO, E. ; SIQUEIRA, E. S. Interdisciplinaridade e a Graduação em Administração: Complexificar para Melhorar. In: ENEPQ, 1. , 2007, Recife/PE. Anais. . . Recife/PE: Anpad, 2007.

JANTSCH, A. P. ; BIANCHETTI, L. Universidade e Interdisciplinaridade, In: JANTSCH, A. P. ; BIANCHETTI, L. (Orgs. ). Interdisciplinaridade: Para além da filosofia do sujeito. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1997.

JAPIASSÚ, H. Interdisciplinaridade e patologia do saber. Rio de Janeiro: Imago, 1979.

JAPIASSÚ, H. O espírito interdisciplinar. Cadernos Ebape, v 9, n. 3, p. 1-9, 2006.

JEREMIAS, C. ; SILVEIRA, M. ; VENDRAMINI; P. Práticas de Ensino Interdisciplinares em Cursos de Graduação em Administração: Um estudo de caso na Faculdade Estácio de Sá de Santa Catarina. Vias Reflexivas, Ano II, n. 2, 2009.

LANKSHEAR, C. ; KNOBEL, M. Pesquisa Pedagógica: Do projeto à implementação. Trad. Magda França Lopes. Porto Alegre, Artmed, 2008.

LARIVIÈRE, V. ; GINGRAS, Y. On the Relationship Between Interdisciplinarity and Scientific Impact. Journal of the American Society for Information Science and Technology, v. 61, n. 1, p. 126-131, 2010.

MACEDO, R. S. Chrysallís, currículo e complexidade: a perspectiva crítico multirreferencial e o currículo contemporâneo. Salvador/BA: EDUFBA, 2002.

MARBACK NETO, G. Avaliação: Instrumento de gestão universitária. Vila Velha/ES: Hoper, 2007.

MARTINS, C. B. O ensino superior no Brasil: o setor privado. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 17, n. 48, p. 197-203, 2002.

MARTINS, G. de A. Estudo de Caso: Uma estratégia de pesquisa. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

MARTINS, G. de A. ; THEÓPHILO, C. R. Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas. São Paulo: Atlas, 2007.

MATURANA, H. R. ; VARELA, F. G. A árvore do conhecimento: as bases biológicas do entendimento humano. Campinas: Editorial Psy II, 1995.

MINTZBERG, H. ; GOSLING, J. Educando administradores além das fronteiras. Revista de Administração de Empresas, v. 43, n. 2, p. 29-43, 2003.

MOREIRA, R. A. O Sentido de formar na Interdisciplinaridade. São Paulo: Memnom, 2005.

MORENO, M. Temas transversais: um ensino voltado para o futuro. In: BUSQUET, M. D. Temas transversais em educação: Bases para uma formação integral. 6. ed. São Paulo: Ática, 2003.

MORIN, E. A cabeça bem-feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. 6. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2002b.

MORIN, E. Ciência com consciência. 6. ed. Rio de Janeiro: Bertrand, 2002a.

MORIN, E. Desafios da Transdisciplinaridade e da Complexidade. In: AUDY, J. L. N. ; MOROSINI, M. C. (Orgs. ). Inovação e Interdisciplinaridade na Universidade. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2007.

MULHOLLAND, T. Multi, Inter e Transdiciplinaridade na Concepção Acadêmica das Universidades Brasileiras. In: AUDY, J. L. N. ; MOROSINI, M. C. (Orgs. ). Inovação e Interdisciplinaridade na Universidade. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2007.

NICOLINI, A. Qual será o futuro das fábricas de administradores? Revista de Administração de Empresas, v. 43, n. 2, p. 44-54, 2003.

OLIVEIRA, F. B. ; SAUERBRONN, F. Trajetória, desafios e tendências no ensino superior de administração e administração pública no Brasil: uma breve contribuição. Revista de Administração Pública, Edição Especial, p. 149-170, 2007.

PAIVA, K. C. M. de; ESTHER, Â. B. ; MELO, M. C. de O. L. Formação de Competências e Interdisciplinaridade no Ensino de Administração: Uma visão dos alunos. Revista Gestão e Planejamento, v. 5, n. 10, p. 63-77, 2004.

PASCAL, B. ; OLIVEIRA, P. M . Pensamentos, v. 11. 3. ed. São Paulo: Atena, 1973.

PAULA, A. P. P. ; RODRIGUES, M. A. Pedagogia crítica no ensino da administração: desafios e possibilidades. Revista de Administração de Empresas, v. 46, Edição Especial, p. 10-22, 2006.

PAVIANI, J. Interdisciplinaridade na Universidade. In: AUDY, J. L. N. ; MOROSINI, M. C. (Orgs. ). Inovação e Interdisciplinaridade na Universidade. Porto Alegre, EDIPUCRS, 2007.

PFEFFER, J. ; FONG, C. T. The End of Business Schools? Less Success Than Meets the Eye. Academy of Management Learning & Education, v. 1, n. 1, p. 78-95, 2002.

PHILIPP JR. , A. ; SILVA NETO, A. J. Interdisciplinaridade em ciência, tecnologia & inovação. Barueri/SP: Manole, 2011.

POMBO, O. Interdisciplinaridade e Integração dos saberes. Liinc em Revista, v. 1, n. 1, p. 4-16, 2005.

RAYNAUT, C. ; ZANONI, M. Reflexões sobre princípios de uma prática interdisciplinar na pesquisa e no ensino superior. In: PHILIPP JR. , A. ; SILVA NETO, A. J. Interdisciplinaridade em ciência, tecnologia & inovação. Barueri/SP: Manole, 2011.

RIBEIRO, D. de A. ; SACRAMENTO, A. R. S. Ensino e Currículo em Administração: A opção Brasileira. Revista Gestão e Planejamento, v. 10, n. 2, p. 193-205, 2009.

ROGLIO, K. de D. ; LIGHT, G. Executive MBA Programs: The development of the reflective Executive. Academy of Management Learning & Education, v. 8, n. 2, p. 156-173, 2009.

SANTOMÉ, J. T. Globalização e Interdisciplinaridade: O currículo integrado. Porto Alegre: Artmed, 1998.

SCHÖN, D. A. Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.

SILVA, C. S. da. ; Medidas e Avaliação em Educação. Petrópolis: Vozes, 1992.

SOUZA SANTOS, B. de. A Universidade no Século XXI: Para uma reforma democrática e emancipatória da Universidade. São Paulo: Cortez, 2005.

SOUZA-SILVA, J. C. de. Aprendizagem Organizacional: desafios e perspectivas ao desenvolvimento de comunidades de prática. Salvador: Conhecimento Superior, 2007.

SOUZA-SILVA, J. C. de ; DAVEL, E. Concepções, práticas e desafios na formação do professor: examinando o caso do ensino superior de administração no brasil. Organizações & Sociedade, v. 12, n. 35, p. 113-134, 2005.

UFBA. Universidade Federal da Bahia. Universidade Nova: Reestruturação da arquitetura acadêmica da UFBA, 2006.

VASCONCELOS, E. M. Complexidade e Pesquisa Interdisciplinar. Petrópolis/RJ: Vozes, 2002.